» Colunas » Editorial

13/11/2020
A velha política: dividir para ganhar

Caieiras: Gersinho x Lagoina quem leva?

Faltam dois dias e a eleição para prefeito de Caieiras aparenta estar indefinida entre os candidatos gersinho e lagoinha. Na pesquisa publicada em 11 de Outubro os dois estavam empatados tecnicamente, políticos comentam existir outra pesquisa mais recente onde a situação continuaria a mesma.

A campanha até agora tem se desenvolvido em relativa calma como é o hábito caieirense, muita bandeira e som alto. Nas avenidas onde se concentram os cabos eleitorais é preciso cuidado para não levar uma bandeirada na cara. Nos carros de som com os candidatos vendendo o seu peixe, muitos militantes mas povo que é bom escasso.

Gersinho leva uma poderosa desvantagem para ser reeleito, teria em torno de 36% de rejeição ao seu nome, enquanto Lagoinha teria 11%. Sua atual gestão é marcada por rejeição nas contas de 2018 pelo TCE e inúmeros relatórios apontando irregularidades graves como superfaturamento em compras de cestas básicas, medicamentos, etc. Gastos milionários com publicidade e festividades, transportes escolar e outros contratos milionários cujos resultados práticos deveriam ser melhor avaliados.A atual administração é recheada de terceirizações que não deram resultado satisfatório como por exemplo as da área da saúde.

Outro ponto que atrapalha a reeleição de gersinho é a aprovação pela municipalidade de inúmeros aterros que não respeitam o meio ambiente, alguns sob intervenção Judicial. Gersinho aparentemente não leva muito a sério o orçamento municipal gerando enormes déficites,no momento mais de R$ 70 milhões (TCE) - recebeu por isso uma contundente crítica do Promotor Público de Contas que declarou “para que orçamento?”. (vídeo disponível na TVCaieiras).

Quanto a campanha que vem fazendo pode-se dizer que é ostentosa, grandiosa e provavelmente está custando uma fábula de reais. Um exemplo é o plano de governo que aponta a tiragem de 5 mil exemplares, ocorre que no facebook gersinho declara que a revista foi “entregue na sua casa (do munícipe)” ora, Caieiras tem aproximadamente 30 mil ou mais residências, em tese a diferença é de 25 mil exemplares, como são de ótima qualidade e o custo alto, tem alguma coisa a ser explicada.

Lagoinha é vereador e nunca exerceu cargo no executivo, portanto não tem experiência exceto no atendimento direto ao público, isso garantiu-lhe enorme popularidade principalmente no bairro onde reside. É o típico vereador brasileiro que atua na necessidade imediata da população, na Câmara nunca demostrou maior interesse em debater o macro dos problemas municipais, a lei orçamentária por exemplo, o meio ambiente (lixão-aterros) as irregularidades apontadas pelo TCE e MPE os aterros, contratos milionários, etc.

Uma de suas promessa é “limpar” a atual assessoria de gersinho que foi herdada do ex-prefeito hamamoto cuja gestão foi marcada por tantas irregularidades que teve seus bens bloqueados pela Justiça.

A campanha de Lagoinha é modesta e mostra que o dinheiro não é fácil para candidato que não tem a máquina pública na mão.

Os planos de governo como todo brasileiro recém nascido sabe, são peças de campanha eleitoral de contraditória execução onde uma reforma de escola vira inauguração de escola nova e não raro superfaturada. Esses planos não fogem a regra da velha política, aquela que o Capitão disse que ia acabar.Só rindo.

Concluindo, o eleitor em Caieiras tem outras opções como Prof.Franco do PT e Juarez Dias do PSL mas com a polarização entre gersinho e lagoinha vão reforçar a também velha tática eleitoral de dividir para ganhar, ou seja, quem for eleito será com pequena proporção do eleitorado, consequentemente sem representatividade popular.

De qualquer forma Alea jacta est

 

 


Edson Navarro - Economista

Leia outras matérias desta seção
 » Os presentes indesejáveis do TCE
 » Identificadas as forças ocultas que derrotaram Gersinho
 » Limpe tudo e entre na Casa limpa, Lagoinha.
 » O lixo que nunca acaba
 » A velha política: dividir para ganhar
 » Liberdade de Imprensa: se acabar as outras não sobreviverão!
 » Caieiras:TCE aponta 33% de sobre preço em cestas básicas
 » Caieiras: Se sair mais do que entra "nóis quebra"
 » A consciência dos políticos brasileiros em reais
 » O presente das trevas do Dória
 » TCE: Mais um prêmio para o ex-prefeito Hamamoto
 » TCE: Chumbo grosso no prefeito de caieiras
 » Liberdade de Imprensa-Daniel Nakao Maibashi
 » Me engana que eu gosto
 » Caieiras e o novo marco do saneamento básico
 » Quem brinca com fogo acaba se queimando
 » Coronavirus: o after day das contas
 » A atual guerra Paulista
 » A vez do Witzel
 » O vídeo Bolsonaro x Moro



Voltar