09/01/2015
O Chevette do Barreti

O CHEVETTE do BARRETI.
Barreti era um cara porrêta .
Trabalhei com ele no Bco Safra da R XV de Novembro , centro de SPaulo.Gordinho , carequinha , analista de O & M , morava na R Cotoxó na Pompéia . Sua esposa era a Marilda , gente fina , casal fino.
Um dia , chega o Barreti e me fala : Comprei um Chevette !!!! ...pensei comigo , “ fodeu !! “.
Barreti me contou então , que comprou o bólido na Pompéia Veiculos , em 40 meses de prestações e patati e patatá . Meu irmão tinha recém saído dum trauma Chevette e eu conhecia o tamanho da encrenca que Barreti se meteu .
Durante dois ou três meses , Barreti degustou o Chevette ; Ia de vez em qdo trabalhar com ele , o Chevette , ( inclusive se meteu numa confusão danada na garagem subterrânea do Banco ,qdo estacionou seu bólido na vaga do Zé Safra (  Dr Joseph ) , somente um dos donos do Banco .)
No quarto ou quinto mês , começou o imbróglio . ( Demorô , pensei .)
Escapou uma mangueira e deu manutenção . Mais um ou dois meses , problema na ignição e nova manutenção . Mais algum tempo e os vidros elétricos travaram , freios cantavam , barulho na suspensão e na nave se fué .
Barreti então , colocou o Chevette é venda . Poucos se interessavam pois o bólido não era bom de troca . Um dia , o office boy Gegê , interessou-se e gostou do carro . Barreti exultou !!!  Conversaram e o pai de Gegê comprou o carro pro filho , Á VISTA !!! pois Barreti não quis correr nenhum risco .
Gegê curtiu o Chevette um ou dois meses e os problemas recomeçaram . Como era um garoto vivo , Gegê logo empurrou o bólido pro Tio Molina , nosso velho estafeta , homem simples mas muito sério . Vendeu em dois cheques cruzados .
Tio Molina usava pouco o carro pois só ia na casa da sogra , igreja e supermercado . Andou a fila .
Mais alguns meses e chega Tio Molina com um bloco de rifa e fala para o pessoal : Estou á perigo e tenho que rifar um carro prá levantar uma grana .
Como Tio Molina era um cara muito querido , todo mundo colaborou comprando um ou dois números . Perguntamos então qual carro que era e Tio Molina na sua simplicidade respondeu : É um Corvetti !!! Pensamos então naqueles velhos carros importados , cheirando á mofo e não falamos mais nisso .
Chegou o dia , correu a loteria e .......adivinhem quem ganhou o carro ?????
Sim , ele mesmo , o Barreti !!!!  Fizemos festa , enxemos o saco , falamos que agora , Barreti competeria com Zé e Moyse Safra que possuíam carros importados etc . Barreti já possuia então um Gol ,quadrado
Dia seguinte , o filho de Tio Molina traz o carro até o Banco e estaciona numa das vagas do subsolo . Sobe ao nosso escritório e avisa que o carro está na garagem na vaga tal . Descemos todos prá garagem , ver o Corvetti e...................lá estava ele .........cor verde fosco , pintura queimada, cheio de decalques , insufilme barato , amassadinhos aqui e ali e ...pasmem .......no vidro traseiro uma frase decalcada = É Deus no céu e nóis no corcéu .
Só que erraram até a marca do carro pois o mesmo era .......O CHEVETTE do BARRETI !!!!!!!!     Rodou , rodou , rodou e voltou prás mãos dele . Tivemos que levar o Barreti prá enfermaria pois o choque foi grande .
Comentaram que Barreti trocou o Chevette pois dois meses de almoço no Bar do Tozé da R Sta Efigenia .

 

Quem foi que inventou o “Carro Mil “??????
Coisa mais escrota é carro Mil . Sinonimo de pobreza , de fim de festa , de transporte barato , de economia de combustível ..enfim ....um caos .
Sempre tive carro Mil ,logo , portanto , sempre fui pobre . Tirei rachas inesquecíveis nas BRs , nas estradas do Brasil com Kombis ,Brasilias , FNM , carretas carregadas e Jeeps .
Qdo se tem um carro Mil , NUNCA , eu disse NUNCA , tente ultrapassar um caminhão carregado numa descida pois vc NÃO vai conseguir . Aguarde o fim da descida e logo á frente terá uma subida e daí ,tente ultrapassar .
Tenho utilizado normalmente , a Rodovia Fernão Dias para ir e vir de meu trabalho . É raro o dia em que escapo impune duma farolada ou duma buzinada pois nas grandes subidas eu duelo valentemente com aquelas carretas carregadas vindas das Minas Gerais trazendo o progresso para S Paulo . É só eu me emparelhar com uma carreta , tentando ultrapassá-la que amontoam carros e mais carros me dando farolada , dando pisca , buzinando pedindo passagem e eu com o pé atolado no acelerador , entortando a chapa do piso de meu Uno Mille .
Inútil dizer que , após a suada ultrapassada , eu encosto meu Mille na direita e sou saudado por todos aqueles que ficaram esperando minha ultrapassagem com o dedo anelar em riste e palavras de baixo calão.  Motor de Enceradeira , Motor de Moto Serra , Motor de Romi Isseta , gritam todos e eu.....sorrio amarelo.
E atentem para o fato de que eu , escolho , calculo e penso duas vzs para ultrapassar algum veiculo pois o espaço percorrido será grande . Uma vez me falaram para colocar gasolina especial da Shell , de alta octanagem que acelera o curso do pistão e se ganha alguns HPs ......Fiz isso e deu em nada . O meu bólido ficou na mesma e gastei dinheiro á toa.
Mas , tenho fé que em 2015 irei comprar um veiculo 1.4 , 1.6 ou similar e daí deixarei de ser ofendido pelas estradas do Brasil.
I CAN !!!!
 



Leia outras matérias desta seção
 » Os três Mosqueteiros
 » Erudam-se!!
 » Relato de uma vida vazia
 » A velha carabina
 » Vejo , claramente , a luz apagar-se no fim do túnel
 » Carlos Zéfiro
 » A cueca atômica
 » Cabrunca
 » O cuscuz
 » Eu só queria passar
 » A formatura
 » Um grande amor
 » Festas suspensas
 » Adeus
 » Quase !!!
 » A última viagem
 » CRM Clube Recreativo Melhoramentos
 » Regras atuais para um bom transar
 » A breve vida de Jojô
 » O idioma alemão é fácil

Voltar