07/03/2021
O Mosco e a Mosca

Quaisquer fatos que possam assemelhar-se á pessoas vivas ou mortas nesta urbe , por favor , considerar mera coincidência .

Formavam um belo casal . O Mosco , trabalhando incessantemente e a Mosca cuidando da casa , labutando e saindo de vez em quando , num vôo cego a fim de conseguir alguma refeição mais encorajadora . Viviam bem .

Um belo dia , na cozinha da casa , a empregada da casa , após utilizar o Forno de Micro Ondas , deixou-o meio aberto para esfriar mais rápido um acepipe que ela estava preparando .

Bem na hora em que viu a fresta do porta do Forno , o Mosco , num raide kamikase adentrou-o . O Forno ainda estava meio aquecido mas o Mosco relevou e começou á fartar-se com a guloseima ali dentro , plotada .

Nisso , aparece a empregada , apanha o acepipe e fecha a tampa do forno , deixando dentro , preso , o Mosco . Desesperado o Mosco gruda-se no vidro da tampa do Forno e começa á gritar só que ninguém o ouvia . Já em pânico , ele vê uma luz e aparece a Mosca , voando saltitante do lado de fora do Forno e vê seu marido Mosco , preso lá dentro .

Desesperada , a Mosca procura um jeito de tirá-lo de lá qdo aparece um segundo Mosco , bigodinho , zóinho de cobra , terno de linho , sapatos polidos , chapéu panamá , lenço no bolso de paleto´que vendo a Mosca toda atrapalhada , mediu a situação , analisou , alisou sua genitália e partiu pro ataque .

Do lado de dentro do Forno , pelo vidro da tampa , o Mosco 1 vendo a situação gritava desesperado .....Não , não , não !!!!! não aceite ajuda do Chicão ( Mosco 2 ) pois ele vai querer comer-lhe !!!!

Chicão então ( Mosco 2 ) eriçou sua genitália , esticou seu corpo magro e deu um rasante sobre a indefesa Mosca , cooptando-a já na primeira investida . No inicio a Mosca ainda esboçou uma defesa ginecológica mas , foi vencida pelo prazer que sentiu na cópula . Entregou-se .

Travaram a batalha mais antiga do universo , furiosamente , com silvos , gritos e assobios de luxúria e prazer .

O Mosco , agarrado na tampa de vidro do Forno de Micro Ondas á tudo via e chorava vendo sua esposa Mosca sendo comida , no mau sentido pelo Mosco 2 , o Chicão .

Exaustos , a Mosca se recompôs , ajeitou as vestes e deitou-se no alpendre do Forno ; O Mosco 2 ajeitou seus panos , respirou fundo e saiu voando não sem antes voar defronte ao Mosco 1 e dizer-lhe – “ Hasta La Vista , Baby “ .

Mosco 1 morreu de tristeza , dentro do Forno . Em seguida , chega a empregada e bate com um pano da Mosca , matando-a , mas ainda com a genitália úmida , que sonhava acordada com sua aventura louca vivida com o Mosco 2 , Chicão e presenciada á cores por seu marido o Mosco 1 .

Termina assim mais uma trágica aventura de amor .


Fred Assoni, autointitulado "Safena"

 


 



Leia outras matérias desta seção
 » O baile
 » O Mosco e a Mosca
 » Viagem a Marte
 » Noite da Esfiha
 » Gersinho perdeu para ele mesmo!
 » Tio Nino
 » Os três Mosqueteiros
 » Erudam-se!!
 » Relato de uma vida vazia
 » A velha carabina
 » Vejo , claramente , a luz apagar-se no fim do túnel
 » Carlos Zéfiro
 » A cueca atômica
 » Cabrunca
 » O cuscuz
 » Eu só queria passar
 » A formatura
 » Um grande amor
 » Festas suspensas
 » Adeus

Voltar