29/11/2016
O falo do Gerôncio

Gerôncio era normal . Nordestino , pobre , pais trabalhadores , morava numa pequena casa de Vila  na cidade de Rameiras .
Estudou o primário básico , diplomou-se e foi para o curso secundário . No curso secundário já existiam as dificuldades normais de aprendizado e tendo que trabalhar para ajudar em casa , Gerôncio  não suportou a carga e abandonou os estudos .
O tempo passou e já com 17 / 18 anos , Gerô optou voltar á estudar então pelo sistema Madureza ( 2 anos em 4 ) para ter acesso á outro nível de escolaridade .Os cursos eram frequentados por jovens de todos os níveis e classes sociais e existiam muitas cocotinhas , rapazolas e meninotes ávidos por obterem o certificado de conclusão para tentarem entrar no ensino superior .
Pois  bem , no curso , proliferavam todos os níveis de vida mundana e Gerô , por ser nordestino , atarracado , trabalhador simples , não tinha acesso ás rodas de conversas da juventude de melhor nível , sendo até , rejeitado pelas cocotas á quem ele olhava e desejava dar uma tramelada mas......ficava só nisso .
Só que Gerô tinha um handicap sexual , digamos ...........seu Falo .Era fora de padrão convencional . Gerô nada falava mas , no fundo , orgulhava-se disso .Com o tempo , todas as cocotas ficaram sabendo do tamanho do Falo do Gerô e até lançavam olhares lânguidos prá ele mas era só zoeira por com tantos jovens cheirando Natura / Boticário , elas nunca fariam um coqueirinho com um cara cheirando Avon.
Deu-se então uma desgraça. Vítima de uma rara doença , Gerôncio foi perdendo a visão gradativamente até......ficar cego ou melhor ...90% cego de ambos os olhos . Aposentou-se por invalidez , fez cursos prá cegos , locomoção , vivenciamento , atividades e enfrentou seu problema com altivez e coragem .
Seus pais já velhos , mudaram-se então para um canto dum bairro melhor , mais plano , mais bem frequentado e Gerô pode então , movimentar-se melhor pelas ruas com sua bengala  . Todo dia então , ouvia-se  na calçada o tóc tóc da bengala do Gerô .
Um dia , Magnólia , já então uma trintona azeitada em artes marciais, interpela-o na calçada :  - Oi Gerô ???  lembra-se de mim ??   Sou a Mag , do curso de Madureza que frequentamos juntos , lembra-se ??
Gerô estranhou a pegada mas prolongou o papo ...- Me lembro, sim ...vc era a ruivinha bonitinha que andava sempre de shortinho né ????? Pronto , deu liga .
Mag então informou ao Gerô que nessa mesma rua , moravam a Leticinha , Vanderléia Cabrita ( berrava num coito ) , Suzana , Ivetona , Carla Ramirez e Maria Antonia , todas frequentadoras do curso de Madureza e que nunca deram a mínima pro nordestino Gerô .  Papo vai , papo vem e despediram-se .Foi bom te ver , estou contente em reencontrá-lo e ........Gerô estranhou tanta receptividade mas.....vá lá . Seguiu seu caminho .
A noticia da descoberta do Gerô espalhou-se entre as ex cocotas. Ligavam uma pras outras comentando mas.....o que elas almejavam era conhecer “ aquilo “ do Gerô que todas comentavam , na época escolar , mas nunca ninguém experimentou .
Dia seguinte , 09:00 hs da manhã , lá vem ele , tóc tóc tóc qdo é interpelado novamente .  – Vc não é o Gerõ ????       Ele para e pergunta ...- Quem é ??? responde uma voz  - É a Carla Ramirez , lembra-se de mim ???   silencio e responde Gerô ...- Claro , é a Carlinha Jabuticaba , né ????  Papo vai , papo vem e Carla convida Gerô prá entrar prum café e mais um dedo de prosa . Convite aceito , Gerô é levado até ao sofá da sala e simplesmente atacado com fúria por Carlinha Jabú .
A braguilha da bermuda de Gerô é aberta por Carla e imerge dela , absoluto , moreno , hirto , nanicão ......um autentico totem inca ......o Falo do Gerôncio .
Gerôncio , meio atordoado , meio desconfiado , meio atrapalhado ve-se estuprado por Carlinha que , com fúria , usava e abusava de seu Falo .
E assim sucedeu-se com todas as ex cocotas da rua . Ninguém desconfiava pois o fato dava-se ás 9:00 / 10:00 hs da manhã e  ninguém ia desconfiar dum cego comedor , que andava pelas ruas do bairro .
Gerôncio chegou a emagrecer de tanta atividade bélica . Era  tratado á Caracú com ovo , gemada , toucinho , ovos quentes e .....Falo prá dentro das cocótas .
Já andava com roupas de marca , sapatos confortáveis , bengala com ponta de silicone ( acabou o tóc tóc ) e avisava de sua chegada para suas consulentes através de Token eletrônico com a mensagem WhatsApp – O amor chegou !!!!
Numa das últimas vzs que o vi, ele conversava com Nilson Sinobelício então um pegador das priscas eras , dono de um Simca Chambord 68 preparado para o amor .......dizia Gerô .....   – Saber esperar é uma virtude pois ninguém sabe o dia de amanhã .
FdP

Fred Assoni

 



Leia outras matérias desta seção
 » Os três Mosqueteiros
 » Erudam-se!!
 » Relato de uma vida vazia
 » A velha carabina
 » Vejo , claramente , a luz apagar-se no fim do túnel
 » Carlos Zéfiro
 » A cueca atômica
 » Cabrunca
 » O cuscuz
 » Eu só queria passar
 » A formatura
 » Um grande amor
 » Festas suspensas
 » Adeus
 » Quase !!!
 » A última viagem
 » CRM Clube Recreativo Melhoramentos
 » Regras atuais para um bom transar
 » A breve vida de Jojô
 » O idioma alemão é fácil

Voltar