07/10/2018
Amor e Traição

Corriam os anos 50 / 60 ; Suburbio de São Paulo ao longo da Estrada de Ferro Santos a Jundiaí .

Existiram Srta Pompemayer ( família austríaca exilada pós I I guerra ) e Lindauro . Srta Pompemayer era moradora de Calheiras , cidade pequena situada ao longo da Estrada de Ferro e era jovem bonita , educada , porém pobre , trabalhava em SPaulo , no Bom Retiro durante o dia e estudava ginásio á noite na vizinha cidade de França da Tocha .

Já Lindauro era morador de França da Tocha e também trabalhava em SPaulo no Bairro da Lapa de Baixo numa metalúrgica pequena .

Um dia , se conheceram , conversaram e nasceu um sentimento entre eles . Começaram á namorar . Viajavam juntos , diariamente , nos trens ainda em vagões de madeira e seguia a vida . Lindauro descia na Lapa e Srta Pompemayer ia até a Estação da Luz pois trabalhava no escritório numa Tecelagem da Rua Sólon , bairro Bom Retiro .

Certo dia , Srta Pompemayer desceu do trem , subiu as escadas e rumou pra seu destino quando , deparou-se com Conjunto Musical que tocava marchinhas ao vivo no Atrium da Estação . Gostou do que viu e resolveu assistir alguns minutos de boa música antes de rumar para o trabalho .

Foi então que ela entrou na mira de Gedeão , que morava no bairro do Bom Retiro na Rua Prates e trabalhava como mecânico em S Caetano na Vemag que engatinhava então . Gedeão gostou do que viu e enquadrou Srta Pompemayer nos seus planos pecaminosos . Seguiu-a até os limites da Estação , mediu-a e aprovou seus dotes graciosos .

Dia seguinte , novamente o Conjunto estava lá tocando ( era uma promoção da Prefeitura prá comemorar alguma coisa ) e novamente Srta Pompemayer resolve perder alguns minutos para assistir o Conjunto . Mal sabia ela que Gedeão á espreitava e o matreiro pegador resolveu aborda-la . A principio com aquele papo cultural elogiando a performance dos músicos ao que a Srta Pompemayer nada percebeu de errado e respondia aos comentários de Gedeão com graça e educação . Foram mais tres dias de encontros “ casuais “ na hora do Conjunto se apresentar , mas tres dias de conversas triviais e normais .

Findou-se a promoção cultural do Conjunto Musical e a vida preparava-se para voltar á normalidade quando , aconteceu :

Srta Pompemayer desce do trem , sobe as escadas da Estação e ruma para seu serviço . Nisso , por “ coincidência “ depara-se com Gedeão ( que a esperava , lógico ) que mostrando surpreso , comenta , - Vc por aqui ??? .

Srta Pompemayer , meio sem jeito , querendo mas não querendo conversa com aquele estranho que mal conhecia , resolveu dar-lhe trela . Gedeão então , acompanhou-a até os limite da Estação conversando assuntos vagos e sem nexo .

Despediram-se na esquina da Estação e cada um tomou seu rumo .

Dia seguinte , nova “ coincidência” e sem o perceber , Srta Pompemayer sentiu um leve frêmito ao ver Gedeão que , sorridente , veio em sua direção e a acompanhou , de novo , até a esquina da Estação .

Isso aconteceu mais uns 6 ou 7 dias com Gedeão esperando Srta Pompemayer ao topo da escada da Estação e acompanhando-a até a esquina da mesma . No inicio , como falamos , Srta Pompemayer chegou a ficar incomodada com a insistência de Gedeão em acompanha-la mas , foi-se acostumando e até gostando disso pois Gedeão era diferente de seu namorado Lindauro ; Era mais expansivo , mais falante , tinha humor nas palavras enquanto que Lindauro era comedido , circunspecto , sério e certinho .

Um dia , Gedeão convidou Srta Pompemayer para um café com pão na chapa numa padaria do Bom Retiro . Ela relutou mas ele insistiu e ela já sentindo leves calafrios na espinha , aceitou . Sentaram-se numa mesinha escrota num canto da padaria e Gedeão iniciou a Fase 2 da conquista , roçando levemente suas mãos nas delicadas mãos da Srta Pompemayer , que não as retirou e passaram a brincar com os dedos das mãos . Daí para roçadinhas de perna com perna foi um pulo e Srta Pompemayer já aceitava a corte de Gedeão .Pena que o horário não os permitia ficar no roça roça por mais tempo mas Srta Pompemayer passou a gostar da coisa e a ter frêmitos quando via Gedeão .

Chegou então a hora . Gedeão comprou um perfume “ Fleurs “ da Coty , uma flor qualquer num vasinho e um chocolate Pan e fez surpresa para Srta Pompemayer . Pronto !!!! caça abatida !! Ela adorou os presentes e ele então , na hora do café , propôs irem para um lugar mais intimo no dia seguinte . Srta Pompemayer assustou-se com o convite mas , extremamente curiosa e já tesuda disse que ia pensar . Pensou no convite o dia todo e a noite toda também e resolveu que iria aceitar os propósitos carnais de Gedeão .

Gedeão também , bem experiente e garanhão ficou numa excitação só . Não via a hora de ver aquele pitéu , simples , vestes normais , sem nenhum atrativo carnal que chamasse mais a atenção , mas bonita e de uma simpatia anormal desnuda em seus braços , pronta para o embate carnal , para a execução final.

Chegou o grande dia . Gedeão conhecia inúmeras pensões na Rua Mauá , vizinha á Estação que alugavam alcovas para curta permanência e já reservou um aposento amoroso para as 07:00 hs da manhã.

Chega o trem e Gedeão sente um leve suor correr-lhe o corpo pela situação do momento e avista Srta Pompemayer subindo as escadas rumo ao patíbulo . Ela tinha dormido mal a noite pois só pensava naquilo ao que ia se submeter , na traição ao seu namorado Lindauro , na sua pétrea família que não admitiam sexo fora do casamento e como Gedeão á trataria qdo tudo acontecesse . Srta Pompemayer praticava o sexo rural com seu namorado Lindauro , qdo saiam em pic nics , passeios ou excursões á clubes e fazendas turísticas mas era sexo meia boca , rápido , escondido , no escuro vindo daí sua curiosidade sexual.

Encontraram-se e Gedeão , discreto , faz um leve afago em Srta Pompemayer e rumam para o paraíso , a pensão Trololó . Quase ninguém percebeu a chegada do casal pois estava naquele horário , um lufa lufa de usuários saindo rumo ao trabalho e Gedeão vai até o balcão , apanha a chave do aposento e rumam para o catre .

Gedeão , demonstrando grande destreza , vai então desnudando sua princesa nórdica e ao mesmo tempo beijando seu corpo ao que é correspondido pela Srta Pompemayer já então , desnuda . Jogam-se na cama puída e começaram o embate ; Srta Pompemayer já desesperada soltava uivos de tesão e Gedeão a acariciava freneticamente e.......houve a cópula ! A sonhada e idolatrada cópula entre o Eixo do Cocão e a Piscineta ; Silvos e urros eram emitidos pelos litigantes mas como isso era normal nestas pensões , pouca gente deu atenção .

Terminaram o 1º round , descansaram e Srta Pompemayer como que possuída por Eros , o Deus do Amor , iniciou o 2º round . De novo um rasc rasc , um hula hula , um sobe e desce e o guatambu cantava . Gedeão já dava sinais de saciedade mas Srta Pompemayer não parava e forçava Ged a pular mais , a copular mais , a urrar mais ; Terminaram o 2º round com Gedeão na lona , ofegante , arfante e sem muito mais gás no turbo . Pausa geral .

Por um momento , Ged pensou em dar uma dormida reparadora mas qdo falou de seu intento para ela , os tetos róseos de Srta Pompemayer empinaram-se e ela jogou-se sobre ele , exigindo um terceiro round . Ainda bem que Gedeão era homem experiente e respondeu ao seu ataque mas agora quem comandava era a branca , jovem e nórdica Srta Pompemayer . O êxtase chegou para Srta Pompemayer e ela , realizada , descansou e dormiu um rápido sono sobre seu garanhão .

Refeitos e recuperados , deram a clássica saída de puteiros ; Ela despediu-se de Ged com um longo beijo e saiu na frente e após cinco minutos , sai Ged , acerta o valor no caixa e sai também .

Ged rumou para seu trabalho em S Caetano e Srta Pompemayer rumou a pé para seu trabalho na Rua Sólon . Ela estava radiante pois tudo correspondeu conforme ela imaginava e estava satisfeita por demais .Ambos deram uma desculpa no trabalho pelo atraso e tudo ficou bem .

Repetiram este affair algumas vezes sem que o bom Lindauro nada percebesse mas um dia , despediram-se pois não havia amor , só desejo , tesão e conjunção carnal duradoura só existe juntando amor , entrega e paixão .

Lindauro foi dispensado pela Srta Pompemayer após alguns meses e recolheu-se ao ostracismo e ela , namorou mais uns dois ou três garanhões locais e sumiu .

Mais uma história ,das centenas havidas ,do Trem de Madeira da EFSJ .

Fred Assoni


 


 


 



Leia outras matérias desta seção
 » Tonhão Coronhada
 » Gleice Pilates
 » Festa na piscina
 » Desmanche de Mulheres e homens
 » Amor e Traição
 » Affair Lotérico
 » Hipocondrismo
 » O presente da sogra
 » A partida
 » A velhice chegou
 » Os três Reis Magos
 » Nóis inverga mas não quebra
 » Churrasco vegano
 » Frida
 » A idade
 » Seu Manduca e Dna Loló
 » Zé Bezerra e as viúvas
 » Minha Santinha faz aniversário
 » Visita do Além
 » Próstata ou nunca mais como salame

Voltar