» Colunas » Editorial

03/10/2016
00 (zero zero) confirma um sucesso perigoso

Em Caieiras foram 21% de votos nulos e brancos, ou seja: 11234 eleitores não acharam nenhum candidato que merecesse sua confiança para votar.Antes do pleito ouvia-se muito a expressão "vou votar no 00 confirma" em alusão à urna eleitoral.

Não aconteceu outra coisa foi o candidato mais votado entre os vereadores e chegou perto da votação de dois candidatos a prefeito. Caso a porcentagem do 00 confirma não tivesse sido tão alta, o resultado das eleições certamente seria outro.

Do total de 11234 votos, 7356 são nulos e  3778 brancos, o que mostra o desinteresse do eleitor (brancos) e os votos de protesto (nulos). Aparentemente os candidatos eleitos, foram os que mais se dedicaram ao trabalho social direto como Lagoinha e Zéfinha, campeões no atendimento direto à população, fazem o trabalho que o executivo através do serviço social e secretarias deveria fazer.

De qualquer forma esse resultado tem que ser pensado e analisado em Caieiras pois nunca foi tão alto.

Nota: a abstenção  foi de 18% - 12.022 votos  que somados aos brancos e nulos totalizam 39% dos eleitores caieirenses ou seja: 25.550 eleitores. 
 


Edson Navarro

Leia outras matérias desta seção
 » O prefeito de Caieiras e seu secretariado "alienígena"
 » Previsões para 2021 de Nostradamus
 » Ecos de um governo desastrado
 » Os presentes indesejáveis do TCE
 » Identificadas as forças ocultas que derrotaram Gersinho
 » Limpe tudo e entre na Casa limpa, Lagoinha.
 » O lixo que nunca acaba
 » A velha política: dividir para ganhar
 » Liberdade de Imprensa: se acabar as outras não sobreviverão!
 » Caieiras:TCE aponta 33% de sobre preço em cestas básicas
 » Caieiras: Se sair mais do que entra "nóis quebra"
 » A consciência dos políticos brasileiros em reais
 » O presente das trevas do Dória
 » TCE: Mais um prêmio para o ex-prefeito Hamamoto
 » TCE: Chumbo grosso no prefeito de caieiras
 » Liberdade de Imprensa-Daniel Nakao Maibashi
 » Me engana que eu gosto
 » Caieiras e o novo marco do saneamento básico
 » Quem brinca com fogo acaba se queimando
 » Coronavirus: o after day das contas



Voltar