» Colunas » Saúde

15/06/2018
ayahuasca é antidepressivo segundo a UFRN

Uma pesquisa desenvolvida no Instituto do Cérebro (ICe) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte testou a ayahuasca como antidepressivo, e obteve resultados iniciais positivos em pessoas que apresentam quadro de depressão. A solução psicoativa é usada comumente em cerimônias religiosas, como Santo Daime e Jurema. Contudo a ciência tem se debruçado sobre a utilização medicinal desse chá.

É uma boa notícia para os 100 milhões de deprimidos no mundo, o cipó ayahuasca é natural da região amazônica e muito usado pelos índios.


UFRN

Leia outras matérias desta seção
 » Ácidos graxos ômega-3 não conferem benefício para doença cardiovascular
 » Plantas medicinais
 » Ataques de pânico
 » Peixe x envenenamento por mercúrio
 » Escritórios: fonte de germes
 » Diarreia como tratar
 » Laticínios ajudam contra doenças
 » Doença da urina preta (Haff)
 » Rapidinhas II da Harvard Saúde
 » Ômega-3: quando vale a pena tomar
 » Rapidinhas da Harvard Saúde I
 » Metformina droga maravilha ?
 » Espuma na urina
 » O café nosso de cada dia
 » Sangue na urina
 » Manga reduz gases e faz bem na pós-menopausa
 » Sono: alimentos que não combinam
 » Alimentos que combatem o diabetes
 » Perder peso: mitos e verdades
 » Aspirina contra Alzheimer


Voltar