03/10/2017
Zé Bezerra e as viúvas

Pense num tipo asqueroso . Multiplique por dez . Noves fora = Zé Bezerra .

Roleiro , atravessador , roupas rôtas , faltando um molar na boca , paletó puído mas os sapatos sempre brilhando e olharzinho de cobra na cara . Era o Zé !!!!

O fdp se intitulava , o “ Pegador de viúvas “ . Chegava ao cúmulo de checar todo velório de homens que aparecia no município para enquadrar a viuva e cadastrá-la para futuras atividades bélicas .

O povo local já manjava suas atitudes cotidianas mas aceitavam-no nos velórios porque ele trabalhava na Prefeitura local como , Carimbador Oficial de Documentos e temiam ir contra seu poder de fogo junto ao poder municipal .

As viúvas do pequeno lugarejo , completando cinco , seis meses de viuvez já tinham certeza que Zé Bezerra apareceria para fazer a corte pré coito pois “ mulher que conheceu diariamente a coisa , num fica mais , sem ela“ dizia o lazarento .

Algumas delas caiam ainda em sua lábia , tendo um affair bélico com ele , algumas rápidas e outras um pouco mais duradouras dando á ele o direito de se vangloriar de suas performances terapêuticas sexuais nos bares em que frequentava .

E assim a vida seguia no quente e seco vilarejo .

Um dia , Dionízia , a esposa de Zé Bezerra descobriu algo desabonador e quebraram o páu . Zé Bezerra apanhou tal qual gente grande e foi desmoralizado junto ao povo local .

Zé decidiu então sumir , demitiu-se da Prefeitura , apanhou sua mala de papelão com umas poucas roupas e sumiu de casa e do vilarejo .

Corria o tempo e as vezes , alguém lembrava do Zé , nos papos de bares e campo de futebol .......onde estaria o Zé Bezerra ????? Prá onde teria ido ??? perguntavam .......

Pois bem , passados uns cinco / seis anos de sua fuga , eis que aparece Zé Bezerra na cidade ; Desceu da Jardineira que trazia os transeuntes e entrou no bar da Rodoviária tomar um café e prosear com algum conhecido . Não encontrou ninguém a não ser o Seu Tozinho , dono do boteco da Rodoviária que não quis muita prosa com ele .

Zé então , com a maior cara de páu do mundo , ruma para sua antiga casa , chegando de mansinho , como quem não quer nada e bate palmas no portão .........

Para sua surpresa , sai á porta o Nêgo Moisés , só de cuecas e fica atrapalhado pois nunca esperaria reencontrar Zé Bezerra .

Cena curiosa, Zé e Moisés ...atrapalhados , um defronte o outro , quando aparece Dionísia , abraçando o Nego Moisés por trás e diz pro Zé .....- Pois é Zé , “mulher que conheceu diariamente a coisa , num fica mais , sem ela , né ??? “.

Zé Bezerra então , sumiu de vez e nunca mais apareceu .


Fred Assoni



Leia outras matérias desta seção
 » O silencio
 » O baile
 » O Mosco e a Mosca
 » Viagem a Marte
 » Noite da Esfiha
 » Gersinho perdeu para ele mesmo!
 » Tio Nino
 » Os três Mosqueteiros
 » Erudam-se!!
 » Relato de uma vida vazia
 » A velha carabina
 » Vejo , claramente , a luz apagar-se no fim do túnel
 » Carlos Zéfiro
 » A cueca atômica
 » Cabrunca
 » O cuscuz
 » Eu só queria passar
 » A formatura
 » Um grande amor
 » Festas suspensas
 » Adeus
 » Quase !!!
 » A última viagem
 » CRM Clube Recreativo Melhoramentos
 » Regras atuais para um bom transar
 » A breve vida de Jojô
 » O idioma alemão é fácil
 » Os três castigos chineses
 » Bom 2019 para todos
 » A cura da Gagueira
 » Tonhão Coronhada
 » Gleice Pilates
 » Festa na piscina
 » Desmanche de Mulheres e homens
 » Amor e Traição
 » Affair Lotérico
 » Hipocondrismo
 » O presente da sogra
 » A partida
 » A velhice chegou
 » Os três Reis Magos
 » Nóis inverga mas não quebra
 » Churrasco vegano
 » Frida
 » A idade
 » Seu Manduca e Dna Loló
 » Zé Bezerra e as viúvas
 » Minha Santinha faz aniversário
 » Visita do Além
 » Próstata ou nunca mais como salame
 » Jumentina
 » Dona Canô
 » Phydias Lancaster
 » Não desistam!
 » Era um escritório feliz
 » O assalto
 » O miserável nanico
 » A Formatura
 » Que 2017 seja bom como namoro no começo
 » O falo do Gerôncio
 » A carabina do Viriato
 » Jully a cadela de borracharia
 » Anito do CRM
 » Decepção
 » Chifres
 » O juizo final
 » O Padre Barnabé
 » A Cuéca da NASA
 » O Bongocerro e a Drag Queen
 » Valeu a pena ?
 » A Vernissage
 » Olimpíada 2016, Finalmente!!
 » O travesseiro
 » Um único tiro
 » Galeto gaúcho
 » Mané Zorêia
 » Minha segunda Pátria
 » Romeu e Julieta versão 2015
 » Conversa com Jesus
 » O Pentateuco
 » O Impeachment e Deus
 » Viola em cacos
 » A U.L.F.S.
 » Show com "Ovelha"
 » Dona Pêpa e Seu Honório
 » Diálogo
 » Diálogo na rodovia
 » O Porteiro
 » Luta de boxe
 » Wilsão, Cotinha e Tetéu
 » Deyse, grandes glúteos
 » Baita susto
 » Maria Cupim
 » Asilo de idosos
 » Encoxadas ferroviárias
 » O show da Thiazinha
 » Anta
 » A massagem
 » A janela
 » Aritmética
 » A Cortina do amor
 » Frazinha, o epílogo
 » O Piloto Italiano
 » Simeão, meu Urubu
 » Homem bomba pero no mucho
 » WhatsApp
 » Gauchada chegando em Marte
 » Tozé
 » O email fatal
 » Carnaval é dança do demônio
 » A gagueira
 » As poedeiras
 » O flato do Poseidon
 » A invasão nipônica
 » O Chevette do Barreti
 » Os "causo" das escritura (ao modo gaúcho)
 » Carro Mil
 » Surrupiando peixe
 » Palmeiras, chega!
 » O silêncio dos bons
 » Affair VIVO – A luta continua !
 » A Sucuri vomitadora
 » Os Pardais
 » O estrondo da ratazana
 » O Segundão do Extra
 » FALHOU !!!!. ( de novo )
 » Dorinho e J.Rosa
 » O queijo de Seatlle - Seatlle cheese
 » O galinheiro
 » Frazinha
 » Franz Alemão morreu
 » Hai Cai do Nirso
 » Tia Lúrde
 » É isso aí galera , estávamos certos
 » Seu Cabussa o faxineiro pegadô
 » Hipocrisia calórica
 » Carta do retorno
 » A sede aproxima-se
 » Funga Cordeona, funga!
 » Dia de cão do Olimpião
 » Errei o bote
 » Flatulências na madrugada
 » Caieirense convivendo com gaúcho olhem no que dá.....
 » Meu almoço com Moacir Franco
 » Seleção de 1958 a melhor
 » Maomé Pataxó
 » Vivaldi
 » Oração do Gaucho
 » O voo pela Web Air
 » Acabou ? .Não, está começando
 » Desabafo !
 » A dura vida de gaiteiro
 » A dura vida de gaiteiro

Voltar