13/01/06
Você foi Programado?

Sócrates, o filósofo grego, ensinava que os homens fazem mal em perder tempo com buscas só determinadas pela curiosidade sobre assuntos que lhes importam pouco ou mesmo nada, quando deveriam concentrar todos os seus cuidados sobre as coisas que dizem respeito à sua felicidade.Epicuro dizia que a vida prática deve ser não somente a nossa principal, mas, também a nossa única preocupação.Não há felicidade possível para o homem enquanto está atormentado pelo medo da morte e pelo medo dos deuses, é preciso, portanto, libertá-lo desse medo, fazendo-lhe conhecer as leis e princípios da natureza. Não devemos de modo algum inquietar-nos com os problemas que não têm relações com a vida prática.

Dá pra entender ---parece tão difícil---nosso viver preocupado com a garantia de um porvir, aquele depois da morte, isso deve ser desprezo da vida que vida só é enquanto aqui.
Por que perdemos tempo com o que é incerto se nem pelo que é certo entendemos?
Depois da morte quando o corpo se desintegra, desaparecendo nosso cérebro, neurônios, sistema nervoso, como continuaremos com nossa sensibilidade, raciocínio, memória, emoção, amor, devoção e etc? Esses atributos humanos são constituídos para a existência da vida daqui deste planeta e não para serem funcionais onde não haja órgãos físicos que possam ser-lhes instrumentos para suas manifestações. Sem tais atributos, não se é consciente e não se existe para confirmar continuidade extracorpórea.

Aqueles dois filósofos do início, com suas intenções de esclarecer o povo, deviam saber como o poder das incoerências dificultava a lógica das pessoas. E neste início de século, mais de dois mil anos depois, a situação permanece inalterada, porém, ampliada.
O ser humano é parecido com um computador. Ele também é programado e lhe é difícil livrar-se de sua programação e substituí-la por outra para ---como dizem--- mudar de paradigma. Depois do ingresso de sugestões e o aceite delas como verdades, como valores, tais sugestões dificultarão o substituir delas por outras sugestões mais atuais, inovadoras ou modificadoras delas que são antigas ou ultrapassadas.
O computador torna-se obsoleto na seqüência em que outros vão sendo fabricados com maiores recursos para operações mais avançadas, mais rápidas e programas mais completos, “mais pesados” não possam ser inseridos no computador antigo.
O homem também se torna obsoleto se insiste em manter em sua programação (conceituação) as mesmas “verdades” improváveis, elas sendo-lhes a conseqüência de avarias em seu sistema de recepção de renovações conceituais mais fidedignas.
Apenas continuará vivendo estagnado com suas idéias, sendo inútil para assimilar evoluções e acompanhar o progresso mental da humanidade. Sempre será um ser humano comum retido em suas ilusões, superstições e em hipóteses utópicas, aquelas tão apregoadas que são incompatíveis com a realidade da existência, onde até agora, só a razão foi suprema para as realizações humanas e seu progresso intelectual.
Muitos deveriam mesmo acatar os conselhos daqueles dois filósofos do início para não se perderem em seus labirintos mentais e resgatarem suas condições de viverem na lógica, porque, tudo antes de ser lógica precisa ser provado para ser transpassado para a utilização de todos que queiram. A fé também é ilógica e por ser assim, é enaltecida e muito elogiada, só que, sua eficácia para um é de difícil comprovação para outros a não ser que os outros a comprovem pela fé também, mesmo sem serem igualmente beneficiados com o que “a fé promoveu para um”.


Altino Olímpio

Leia outras matérias desta seção
 » Conversa ocasional
 » Por que viemos ao mundo?
 » O passado convive com o presente
 » Os traídos e os traidores
 » Os exagerados do Youtube
 » Os que não sabem são os que mais sabem
 » Brasil, fonte do saber
 » Seres humanos que muito irritam
 » A Torre de Babel brasileira
 » Pegando pesado
 » Pensamentos lúcidos
 » O diálogo entre um Ateu e um Espírita
 » O gostar de alguém sem o alguém saber
 » Má temática da vida
 » Avenida Paulista amarelada
 » Tempo e a submissão a ele
 » Os simples e os gênios da humanidade
 » História apavorante
 » É proibido e pecado se suicidar
 » O castigo existe?

Voltar