13/01/06
Frases para fugir da rotina

A ganância é a lente de aumento para míopes ambiciosos.

As nossas amizades discriminam outros de nossas amizades.

Corrupção é para a alma o que o câncer é para o corpo; a primeira “desalma” e o segundo desincorpora.

Quem distraído em Deus olha para o céu pode cair no diabo de um buraco.

Saber viver não é conviver com idéias que servem para depois de morrer.

Queremos Deus só depois da morte porque antes poderia nos atrapalhar.

A paixão sobre o futebol explica bem o “Amar a Deus sobre todas as coisas”.

Ele veio para resgatar o pecado do mundo e os imundos se resgataram.

Se sexo fosse só para reprodução quem se casaria?

Dizem que o casamento era uma lei que legalizava a fornicação.

Crescei-vos e multiplicai-vos! Aconteceu, nos multiplicamos, mas, não crescemos.

Criança é como uma esponja branca e os adultos disputam entre si para serem o vencedor que irá sujá-la mais que outros.

Muita porcaria do mundo foi criada pelos homens e essas porcarias de homens de que chiqueiros saíram?

Viver é o contínuo correr para tudo fazer antes de morrer.

Boa educação pode ser saber enganar ou roubar sem ofender.

A morte é a única operária da limpeza que pode limpar o lixo de nossa cabeça.

Se valemos pelo que temos é porque o que temos significa o que valemos.

Se nossos pensamentos igualam-se aos da maioria maiores nunca seremos.

Se para homens existisse carrocinha não viveríamos neste mundo cão.

Só no Natal o povo de Caieiras gosta de Perus.


Altino Olímpio

Leia outras matérias desta seção
 » O túnel do tempo
 » Mas que vida engraçada
 » Cada dia uma para encher o saco
 » Durante a pandemia a ociosidade faz pensar
 » Somos prisioneiros do tempo
 » Achismos incoerentes
 » Governador de São Paulo e a China
 » A mulher muito bonita
 » O desabafo da amiga
 » Quem procura encontra?.
 » Sabedoria popular
 » Flor que não se cheira
 » O que é a Quaresma
 » O tempo passa e nada muda
 » O futuro do passado
 » Música La Paloma e sua tristeza
 » Carnaval e mulheres bonitas
 » A missão na Vida
 » A incógnita continua
 » A reencarnação

Voltar