26/01/06
Desatentos

No ano de 1840, um filantropo britânico, o Barão de Montefiore escreveu: Perdeis o tempo a tagarelar. Enquanto não se achar em nossas mãos a imprensa do mundo inteiro, tudo que fizerdes será infrutífero. É preciso que dominemos a imprensa universal ou, ao menos, influamos nela, se quiserdes iludir e escravizar os povos.

Vivekananda falou assim: As engrenagens do mundo são um mecanismo terrível e estamos todos presos nesta máquina poderosa e complexa.

Isto aqui exposto provoca reflexão em você? Não, não provoca? Então não vamos tecer comentários sobre esse assunto, não te serviriam mesmo. Entretanto continuaremos a disponibilizar temas iguais e outros diferentes cujas importâncias encontram agrado em outros mais sensibilizados para com elas.


Altino Olímpio

Leia outras matérias desta seção
 » Somos o que pensamos?
 » Se não fosse os outros...
 » Fluxo de sensibilidade
 » Será que a vida é uma ilusão?
 » A marca da besta
 » Convém não pensar
 » Adeus dia de Finados
 » Conversa ocasional
 » Por que viemos ao mundo?
 » O passado convive com o presente
 » Os traídos e os traidores
 » Os exagerados do Youtube
 » Os que não sabem são os que mais sabem
 » Brasil, fonte do saber
 » Seres humanos que muito irritam
 » A Torre de Babel brasileira
 » Pegando pesado
 » Pensamentos lúcidos
 » O diálogo entre um Ateu e um Espírita
 » O gostar de alguém sem o alguém saber

Voltar