09/04/2009
Glória, amiga virtual

Glória, Amiga Virtual


É Gloria, na curva e na subida o tempo passa mais devagar e bem depressa passa quando se está numa reta em descida na correria com os compromissos intermináveis e sempre renováveis do dia-a-dia. Na curva e na subida da vida precisamos de lentidão do tempo para sentir quão pouco nós estivemos nele e mais esquecidos dele e de nós mesmos. O tempo passa e passa e se não o percebemos é porque a vida parece uma trapaça a nos iludir com tudo o que apenas passa e quando percebemos isso, a vida já nos encurva no tempo que cambaleantes caminhamos em curva rsrsrsrsrs.Tu disseste tudo! Não mais seremos quando estivermos fora do tempo e isso será a nossa sorte chamada de morte. Com ou sem coragem sabemos do fim quando no tempo não mais nos existirá contagem. O que somos e o que temos, saindo da trajetória do tempo nós nos interrompemos. Dentro do tempo só temos um tempo, o tempo do nosso ciclo do nascer ao morrer. Antes não éramos como agora somos e depois, no nosso nada ser, só o tempo continuará e se só ele permanece só dele é a “Glória”.


Altino Olímpio

Leia outras matérias desta seção
 » Nada como poder falar e aparecer
 » Minhas andanças por ai
 » Agora temos contatos, mas não com tatos
 » Quem sabe, sabe e conhece bem
 » A enganação parece eterna
 » A grande fraternidade branca
 » Os dias que sempre nos esperam
 » Frases ou lembranças que me chegam
 » O paraíso perdido
 » Penso, logo existo. jargão antigo
 » Os ladrões do tempo
 » A sacanagem não muda
 » Para os que não pensam pensarem
 » Não é tudo que o tempo modifica
 » O braço direito do homem
 » O inexplicável sentido da vida
 » Tempos e contratempos
 » Raciocinar cansa muito
 » Se formos o que pensamos...
 » As lendas sobre o homem do passado

Voltar