09/04/2009
Glória, amiga virtual

Glória, Amiga Virtual


É Gloria, na curva e na subida o tempo passa mais devagar e bem depressa passa quando se está numa reta em descida na correria com os compromissos intermináveis e sempre renováveis do dia-a-dia. Na curva e na subida da vida precisamos de lentidão do tempo para sentir quão pouco nós estivemos nele e mais esquecidos dele e de nós mesmos. O tempo passa e passa e se não o percebemos é porque a vida parece uma trapaça a nos iludir com tudo o que apenas passa e quando percebemos isso, a vida já nos encurva no tempo que cambaleantes caminhamos em curva rsrsrsrsrs.Tu disseste tudo! Não mais seremos quando estivermos fora do tempo e isso será a nossa sorte chamada de morte. Com ou sem coragem sabemos do fim quando no tempo não mais nos existirá contagem. O que somos e o que temos, saindo da trajetória do tempo nós nos interrompemos. Dentro do tempo só temos um tempo, o tempo do nosso ciclo do nascer ao morrer. Antes não éramos como agora somos e depois, no nosso nada ser, só o tempo continuará e se só ele permanece só dele é a “Glória”.


Altino Olímpio

Leia outras matérias desta seção
 » Fluxo de sensibilidade
 » Será que a vida é uma ilusão?
 » A marca da besta
 » Convém não pensar
 » Adeus dia de Finados
 » Conversa ocasional
 » Por que viemos ao mundo?
 » O passado convive com o presente
 » Os traídos e os traidores
 » Os exagerados do Youtube
 » Os que não sabem são os que mais sabem
 » Brasil, fonte do saber
 » Seres humanos que muito irritam
 » A Torre de Babel brasileira
 » Pegando pesado
 » Pensamentos lúcidos
 » O diálogo entre um Ateu e um Espírita
 » O gostar de alguém sem o alguém saber
 » Má temática da vida
 » Avenida Paulista amarelada

Voltar