26/08/2009
Campo de concentração

Campo de concentração geral

Estão tentando idealizar a transmissão de programas televisionados nos transportes públicos, coletivos. Assim muitos terão seus tempos diminuídos para pensar em si mesmos. Isso é muito bom porque pensarmos em nós mesmos é insignificante. Somos uma massa humana carente de orientações, pois, desorientados como somos precisamos mesmo ser conduzidos. Nas estações de trem e nos mesmos, ensinamentos profundos inacessíveis às crianças se fazem ouvir como “cuidado com o espaço entre o trem e a plataforma, respeitem os assentos para os idosos”, e outros ao mesmo alto nível intelectual. Que seria de nós sem esses ensinamentos? Não teríamos os solícitos fabricados que com veemência insistem ceder seus lugares de onde estão sentados para os mais velhos, às vezes, mesmo contra a vontade deles. Sermos condicionados por meio de autofalantes é uma boa maneira de ficarmos civilizados. Ainda bem, pois, ter que estudar e aprender a ler para entendermos avisos de informação e orientação quando escritos, isso, vai contra o conforto humano. Também, cada vez mais acostumados a ruídos, sem eles a vida ficaria sem graça. Voltando às transmissões televisionadas em transportes públicos, as emissoras de televisão poderão ampliar mais o poderio de suas influências tão sedutoras, benévolas e mesmo divinas. Assistir televisão é um bom modo do povo não se distrair do que é importante e necessário para a vida. Tendo-a nas conduções teremos mais condições de sermos cidadãos comuns, bem comuns como aqueles que Deus mais gosta.


Altino Olímpio

Leia outras matérias desta seção
 » Nada como poder falar e aparecer
 » Minhas andanças por ai
 » Agora temos contatos, mas não com tatos
 » Quem sabe, sabe e conhece bem
 » A enganação parece eterna
 » A grande fraternidade branca
 » Os dias que sempre nos esperam
 » Frases ou lembranças que me chegam
 » O paraíso perdido
 » Penso, logo existo. jargão antigo
 » Os ladrões do tempo
 » A sacanagem não muda
 » Para os que não pensam pensarem
 » Não é tudo que o tempo modifica
 » O braço direito do homem
 » O inexplicável sentido da vida
 » Tempos e contratempos
 » Raciocinar cansa muito
 » Se formos o que pensamos...
 » As lendas sobre o homem do passado

Voltar