30/09/2009
Preocupação com o clima

Preocupa-se com o clima?
Uma arma de destruição ou autodestruição em Massa pode já existir no “projeto” HAARP - High Frequency Active Auroral Research (Pesquisa de Ativação de Alta Freqüência Auroral).
Trata-se de um conjunto realmente grande de antenas localizado no Alaska, cujo objetivo oficial é estudar comunicações por rádio de faixas longas e estudar a ionosfera. Muitos cientistas que trabalharam no projeto ou o estudaram a fundo dizem se tratar de uma nova classe de Arma de Destruição em Massa. O que ela realmente pode fazer é um mistério, mas, esses especialistas disseram que esse grandioso dispositivo pode realizar feitos nunca imaginados e voltados para a destruição como:
1 - Destruir ou desarmar aeronaves, mísseis ou satélites.
2 - Interromper comunicações em grandes regiões do planeta. Com a grande potência do sinal gerado pelo HAARP poderiam simplesmente transmitir chiados e ninguém mais iria conseguir sintonizar qualquer sinal claro.
3 - Provocar e até mesmo controlar mudanças climáticas como tempestades, furações e tornados, pois, as ondas produzidas podem gerar alterações na temperatura da alta atmosfera que podem gerar mudanças climáticas.
4 - Interromper o pleno funcionamento do cérebro humano.
Talvez ele possa interferir nos pulsos elétricos gerados pelo cérebro impedindo-o de funcionar normalmente.
5 - Causar terremotos. Eles poderiam gerar uma grande alteração no campo magnético da Terra com o HAARP. Isso faria com que os metais fundidos do núcleo do planeta se movessem modificando seu campo magnético e esse movimento poderia gerar terremotos.
6 - Gerar emissão de Raios-X em regiões do planeta.
Talvez com o HAARP se possa provocar isso onde se queira suas conseqüências.
Como as simples antenas lado a lado podem fazer tudo isso? Elas são como as de um rádio telescópio, mas, que enviam sinais ao invés de só receber. Cada uma dessas antenas possui dois conjuntos diferentes de dipolo cruzado, uma superior e uma inferior, que, lhe garantem uma forma de pirocóptero duplo. Essas antenas podem direcionar seu sinal por meio de reflexões na alta atmosfera e a energia que elas poderão irradiar é da ordem de 1.7 Gigawatts! Sendo leigo, como saber o que isso significa?

Esse projeto HAARP traz para a mente a lembrança da lenda contada por Platão sobre a Atlântida cujo povo sucumbiu sob os “frutos” da sabedoria adquirida. Será que não estamos numa mesma trajetória? O homem, esse animal por demais pretensioso, com alguns de seus inventos não está ele também a por em risco a existência na terra? Talvez não, pois, Deus cuida bem deste planeta e castiga os cientistas impedindo-os de irem à igreja, em bailes, em carnaval, em futebol, de assistirem novelas, corridas de fórmula um e etc., pois, isso tudo é destinado aos inofensivos inconscientes do que lhes pode ser agressivo. Sendo invenção de Deus, o homem não faz mal ao homem (fazer o mal isso nunca se viu), apenas ele brinca de ser Deus ao querer dominar a natureza para benefício geral (até parece).
Oremos irmãos.


Altino Olímpio

Leia outras matérias desta seção
 » Conversa ocasional
 » Por que viemos ao mundo?
 » O passado convive com o presente
 » Os traídos e os traidores
 » Os exagerados do Youtube
 » Os que não sabem são os que mais sabem
 » Brasil, fonte do saber
 » Seres humanos que muito irritam
 » A Torre de Babel brasileira
 » Pegando pesado
 » Pensamentos lúcidos
 » O diálogo entre um Ateu e um Espírita
 » O gostar de alguém sem o alguém saber
 » Má temática da vida
 » Avenida Paulista amarelada
 » Tempo e a submissão a ele
 » Os simples e os gênios da humanidade
 » História apavorante
 » É proibido e pecado se suicidar
 » O castigo existe?

Voltar