26/04/2010
O Papa adormecido

Nesta penúltima semana de abril deste ano de dois mil e dez, um fato inacreditável foi televisionado para todo o Brasil. Nosso Papa atual dormindo durante uma missa. Foi visto quando alguém por trás dele deu-lhe tapinha em suas costas e o fez acordar. Se for verdade que quem tem problemas de consciência não consegue dormir sossegado, então, esse Papa nenhum problema de consciência tem. Dorme em qualquer lugar, mesmo onde pensam que não deve e a fraqueza do corpo é uma força que o espírito contra ela nada pode. Repetindo uma daquelas frases famosas “o espírito é forte, mas a carne é fraca”, talvez, no fato a seguir devêssemos entendê-la ao contrário. A força da carne esteve a comprovar sua superioridade sobre o espírito durante as sessões discretas de orgia sexual entre padres e garotos. Imbuído dos dogmas da fé, do saber sobre o certo e o errado, o espírito dos fracos de espírito, nessas ocasiões sensuais perde seu poder sob a preponderância do prazer carnal. Isso é novidade? Claro que não! Existem broncos neste mundo que gostam de “tapar o sol com peneira” para que suas crenças não sejam consideradas duvidosas, mesmo para si mesmos. Diante de tal escândalo nada muda em seus raciocínios (se é que isso ainda existe) sobre suas crenças, as mesmas difundidas pelos “nomeados por Deus” para exercerem as funções de levar a outros o viver espiritual que se manifesta no moral viver. Quantos aos garotos, quantos deles não terão gostado da experiência homossexual? Alguns não foram “molestados” repetidas vezes? Depois da primeira vez por que não deixaram de comparecer ao local onde foram humilhados? Será que “todos” foram mesmo enganados e forçados contra suas vontades? Nesta época de cada vez mais homens preferindo homens e mulheres preferindo mulheres, muitos homens não gostariam de ter estado no lugar daqueles garotos assediados? Desculpem não se deve falar a verdade publicamente. Como contido em alguns escritos e se for mesmo verdade, antigamente a relação sexual mais era entre os homens. As mulheres ficavam “para segundo plano”, isto é, eram utilizadas para a necessidade da reprodução. Até um dos mais famosos filósofos da Grécia mantinha um jovem em sua casa, pra que não se sabe (risos). Essa cumplicidade estaria a ser num futuro próximo um padrão de existência “familiar” aceitável por todos e nada deplorável? Pois, cada vez mais aumenta o número de adeptos a tais movimentos chamados gays. Algumas igrejas fazem casamento entre eles e até leis estão sendo pensadas para o viver conjugal deles. Quanto aos padres envolvidos em escândalos, tendo deveres para com o celibato, eles foram perjuros, sim. Mas, coitados, o que podiam fazer contra os pênis duros? Estes, não foram espiritualizados como foram seus donos. Contudo, a televisão mostrou o Papa dormindo durante a missa mostrando como é o sono dos justos. Malvada tapinha em suas costas fez retornar sua consciência ao mundo dos homens, o mundo humano das representações. Assim é a vida, quanto mais velhos ficamos mais nos vemos dormindo acordados diante da vida que parece mesmo ser um sono de difícil despertar. Tal despertar não deve mesmo acontecer porque se existissem muitos despertos como iriam sobreviver os espertos?

Comentários à matéria acima

Pq eu tenho sempre que discordar de vc. hein?
Nada justifica esses abusos contra crianças. Não vou nem discutir as suas atenuantes, totalmente despropositadas. O que conta é   a supremacia da força bruta contra um ser indefeso, a supremacia do suborno, da chantagem, do aliciamento, da violência. Principalmente quando é praticado por essa corja de sujos de batina, que deveriam ensinar o respeito, o amor, a caridade. É claro que o homossexualismo sempre existiu, que outrora era até motivo de orgulho o seu filho ser o preferido daquele poeta, do outro filósofo, etc. mas hoje os nossos filhos não podem jamais ser submetidos a uma atrocidade dessas.
Se eles,  que fazem parte desse clero nojento ficam com  o .... duro, pq não usam o colega de batina??? e assim vão se revezando... pq afinal chafurdam todos no mesmo lodo, ao invés de molestar jovens e crianças?
E o papa  acho que finge que dorme, com vergonha de encarar os olhos  dessas criaturas.





Altino Olímpio

Leia outras matérias desta seção
 » Se não fosse os outros...
 » Fluxo de sensibilidade
 » Será que a vida é uma ilusão?
 » A marca da besta
 » Convém não pensar
 » Adeus dia de Finados
 » Conversa ocasional
 » Por que viemos ao mundo?
 » O passado convive com o presente
 » Os traídos e os traidores
 » Os exagerados do Youtube
 » Os que não sabem são os que mais sabem
 » Brasil, fonte do saber
 » Seres humanos que muito irritam
 » A Torre de Babel brasileira
 » Pegando pesado
 » Pensamentos lúcidos
 » O diálogo entre um Ateu e um Espírita
 » O gostar de alguém sem o alguém saber
 » Má temática da vida

Voltar