02/08/2011
Os velhos sabiam

Quem já está velho e vive por este mundinho cheio de criaturas cheias de besteiras na cabeça cheia de esterco para brotar mais besteiras cheias de ilusão lembra-se do passado quando era criança e ouviu dos idosos que, o mundo tinha sido acabado em águas (dilúvio) e quando o mundo fosse acabar outra vez seria com fogo. Pareciam estar certos, pois, os vulcões parecem estar readquirindo “vida”. Se todos eles simultaneamente começarem a peidar larvas para cima, uma enorme parte do mundo estará frita. Será um “Deus nos acuda” enquanto a terra nos sacuda. Não se sabe se depois disso os “especialistas” sobre proteção ambiental vão se reunir para multar os responsáveis, se as inspeções veiculares continuarão a existir, se vão diminuir a emissão de gases prejudiciais para a atmosfera e etc. Os vulcões irão provocar terremotos, tsunamis e, aqueles que forem morrer é porque lhes chegou a hora, porque suas missões aqui na terra terminaram. Pra onde eles forem irão reencontrar todos os parentes e amigos que foram antes deles e lá ficarão aguardando suas reencarnações e poderão até escolher em que família poderão reencarnar. Quando retornarem para este mundo com os vulcões acalmados, tudo já foi reconstruído e todos estarão nos seus destinos como sempre estiveram. Ouvirão muito o “eu sou católico, eu sou evangélico, eu sou ateu, eu sou mulçumano, eu sou tibetano, eu sou maçom, eu sou gnóstico, eu sou ocultista, eu sou esotérico, eu sou budista, sou messiânico, sou israelita, sou hinduísta” e etc. Todo mundo é alguma coisa obedecendo a alguma inspiração que vem do coração enquanto vulcões, terremotos e tsunamis estão como mortos. Quando eles “ressuscitam”, nessa hora do “pega pra capá” ninguém se lembra do que é e só quer “escapá”. Mas, voltando aos velhos do passado de quando éramos pequenos ainda, eles falavam sim que o mundo iria acabar em fogo. Sei não! Se todos fossem bombeiros que perigo teria? Nenhum.

                                                                                                 Altino Olimpio

 

Sobre a crônica "Os velhos sabiam".

Concordo, desde a infância ouvimos essas "previsões" sobre o fim do mundo. Diziam que a mil chegaria mas que de dois mil não passaria.
Mas passamos, e estamos em 2011, contrariando ao que tanto ouvimos e temíamos.
Os fenômenos da natureza sempre existiram. Os abalos císmicos também. Religão à parte, a ciência e a astronomia explicam muito bem tudo isso.
Agora dizem que em dezembro de 2012 a coisa acontece!!! Já fizeram filmes. Muitos livros e documentários  exploraram o tema que, por incrível que pareça prende a atenção de muitos mortais.
Entendo ainda que, esses fenômenos tendem a aumentar e a piorar gerando grandes catástrofes.
O pavor pela chegada do fim do mundo no entanto, não desperta o homem para uma introspecção maior. Ele prefere se agarrar à religião acreditando ser tudo obra de Deus.
Na verdade a lei de causa e efeito, de livre arbítrio explicadas em algumas filosofias religosas são bem apropriadas e explicam também.
O homem escolhe seu caminho, faz suas escolhas, planta e colhe o que semeou.
Estamos colhendo: os frutos do progresso, do capitalismo, do consumismo exagerado e do desrespeito à natureza  que sempre nos deu tudo de graça.
Tendo escrito isto concordo com a crônica.... Deus não tem nada a ver com isso!

Fatima Chiati

 


Altino Olímpio

Leia outras matérias desta seção
 » Se não fosse os outros...
 » Fluxo de sensibilidade
 » Será que a vida é uma ilusão?
 » A marca da besta
 » Convém não pensar
 » Adeus dia de Finados
 » Conversa ocasional
 » Por que viemos ao mundo?
 » O passado convive com o presente
 » Os traídos e os traidores
 » Os exagerados do Youtube
 » Os que não sabem são os que mais sabem
 » Brasil, fonte do saber
 » Seres humanos que muito irritam
 » A Torre de Babel brasileira
 » Pegando pesado
 » Pensamentos lúcidos
 » O diálogo entre um Ateu e um Espírita
 » O gostar de alguém sem o alguém saber
 » Má temática da vida

Voltar