24/09/2013
O Povo mais feliz do mundo

 

Deus está na boca de todos e não é pra menos, porque, aqui no Brasil os filhos Dele vivem no paraíso. Começando pela comunicação global, internet, nossos irmãos encontraram suas importâncias principalmente no chamado facebook. Uma rede social onde nas amizades sinceras e produtivas, eles, nossos irmãos, se correspondem exibindo suas fotografias (isso não é vaidade), dos seus cachorros e dos seus gatos. Os assuntos entre eles são tão importantes que seriam de causar inveja para os filósofos mais famosos que existiram no mundo. Isso muito me alegra, pois, meus familiares também estão nessa corrente. Eu ainda não, porque, sinto-me inferiorizado por nada de importante ter para informar. Mas, às vezes alguma notícia me emociona. Parece que estão querendo promover aposentadoria e bem merecidas para aqueles que por muitos anos visitam as lotéricas para tentar a sorte num joguinho. Por “falar” em jogo não sei onde ouvi dizer, que, para os jogos de futebol da Copa do Mundo de 2014, nos estádios serão reservados seiscentos ou mais lugares para os políticos de Brasília. Bem que eles merecem essa distinção porque sem eles não existiria nação sem corrupção. Ah, lembrando das passeatas de junho quando o povo nas ruas se mostrou contra a construção de estádios fiquei sabendo pela internet que vários milhões de ingressos já foram vendidos. Ao entrar em contato psíquico com a Grande Fraternidade Branca do Tibet fiquei sabendo que os ingressos mais comprados foram por pessoas de outros países e por algumas daqui que não souberam das passeatas. Neste mês de setembro tivemos lá no STF o fim da primeira parte do julgamento do chamado “mensalão” quando foram julgados os mocinhos do filme Ali Babá. Como os brasileiros estão habituados em novelas, eles exigiram que o julgamento continuasse em capítulos no ano que vem e se possível com fundo musical para ressaltar o romantismo de cada julgador enquanto revela seu sim ou seu não para a condenação de cada réu, ou melhor, suspeito. Outro assunto que me comoveu foi à vinda de milhares de cubanos para cá. Os médicos, coitados, não poderão trazer suas esposas. Seria importante uma verba extra para eles freqüentarem a zona, porque senão, muitos cubabrasileiritos poderão nascer. Bom pra nós também é o “ecumenismo” político ou de regime. Não há preconceito contra ditaduras, contra comunismo e principalmente contra democracia, até pode-se conviver com os três regimes intercalados. Em 2014 teremos a Copa do Mundo de Futebol. Em 2016 teremos as Olimpíadas (eta nóis). A nossa mídia que não tem o “rabo preso”, em todos os seus noticiários diários, por tanto nos amar, nos educar, nos instruir, ela nos preenche até a fartura com as informações sobre o futebol. Por isso e por tudo o que é para o nosso bem somos um povo feliz. Aqui os direitos adquiridos são respeitados. Tem um deputado que está preso e uma coisa nada tem a ver com outra, pois, ele continua deputado, isso sim é que é justiça. Bem, vou parar por aqui porque estou “chovendo no molhado” para muitos que não acreditam que Deus ainda é brasileiro. Por aqui tudo é alegria e só não vê quem não quer.

                                                                                                         Altino Olympio



Leia outras matérias desta seção
 » Fluxo de sensibilidade
 » Será que a vida é uma ilusão?
 » A marca da besta
 » Convém não pensar
 » Adeus dia de Finados
 » Conversa ocasional
 » Por que viemos ao mundo?
 » O passado convive com o presente
 » Os traídos e os traidores
 » Os exagerados do Youtube
 » Os que não sabem são os que mais sabem
 » Brasil, fonte do saber
 » Seres humanos que muito irritam
 » A Torre de Babel brasileira
 » Pegando pesado
 » Pensamentos lúcidos
 » O diálogo entre um Ateu e um Espírita
 » O gostar de alguém sem o alguém saber
 » Má temática da vida
 » Avenida Paulista amarelada

Voltar