12/05/2014
Orar ou rezar para se proteger

 

Por que será que muitas pessoas vivem orando ou rezando e quase sempre estão com problemas? Lembrando uma frase escrita por alguém “o que mais eu temia desabou em minha cabeça” reflete o desconhecer do funcionamento do subconsciente. Muitas pessoas vivem rezando por causa de seus problemas e eles não as abandonam. Surgem e ressurgem, embora, as rezas ou orações são petições para livrar-se deles. Se alguém tem pavor de uma doença e constantemente pensa no medo de ser acometido por ela é possível que venha a tê-la. O fato de pensar nela como indesejável já a torna existente no subconsciente como sugestão e ele, como sempre está a obedecer, pode fazer com que a ela se manifeste. Por isso se ouve dizer “quanto mais rezo parece que mais atraio doenças”. Conforme “reza” a psicologia e a psiquiatria, o subconsciente é obediente para aceitar as sugestões enviadas a ele. Ele nada questiona se as sugestões sejam boas ou ruins e na possibilidade ele as executa para nós quando menos as esperamos. Se alguém muito pensar no “não quero aquilo”, pode ser que o “aquilo” lhe advenha, porque, o “aquilo” é que foi registrado no subconsciente, mas, sem o “não quero”. Existe uma frase repetida diariamente por muitas pessoas e a frase é esta: Rogai por nós os pecadores agora e na hora de nossa morte amém. Ai está à sugestão de que todos nós somos pecadores. Isso está no consciente e no subconsciente de muita gente. Menos naqueles que desacreditam em conceitos pré-definidos e por dispensá-los do pensamento evitam o transferir deles como sugestão para o subconsciente.

                                                                                                  Altino Olimpio



Leia outras matérias desta seção
 » Conversa ocasional
 » Por que viemos ao mundo?
 » O passado convive com o presente
 » Os traídos e os traidores
 » Os exagerados do Youtube
 » Os que não sabem são os que mais sabem
 » Brasil, fonte do saber
 » Seres humanos que muito irritam
 » A Torre de Babel brasileira
 » Pegando pesado
 » Pensamentos lúcidos
 » O diálogo entre um Ateu e um Espírita
 » O gostar de alguém sem o alguém saber
 » Má temática da vida
 » Avenida Paulista amarelada
 » Tempo e a submissão a ele
 » Os simples e os gênios da humanidade
 » História apavorante
 » É proibido e pecado se suicidar
 » O castigo existe?

Voltar