21/10/2015
Sabonete para almas sujas

Ouvi dizer que agora existe um sabonete purificador e para confirmar acessei a página do Google da internet e lá escrevi: “Sabonete para lavar a alma”. E não é que o assunto sobre o sabonete está “fervendo” por lá. Como deduzi, os cientistas químicos de uma igreja evangélica criaram um sabonete especial. Está a venda ao preço de cento e dez reais. Se aqueles políticos de alma suja souberem desse milagre eles comprarão todo o estoque desses sabonetes que poderão faltar para o povo. Pensando aqui, se ao utilizar o sabonete para lavar a alma, também utilizar no banho água benta, a alma deve ficar mesmo bem limpinha. Parece que vão inventar também um papel higiênico especial que limpa também o fiofó da alma. Vi lá no Google fotos do sabonete embalado com a logomarca da Igreja Universal. Também li que ela nega ter fabricado tais sabonetes. A Igreja Universal é aquela do Templo de Salomão e pela sua inauguração, autoridade presidencial, autoridades governamentais e municipais se fizeram presentes.  Isso significou que as autoridades estão de acordo com o modo com que tal instituição religiosa legalmente subtrai dinheiro de seus fiéis em troca das curas e mesmo de milagres presenciados por eles, os fiéis. Como se sabe, o governo sempre está a proteger o povo. Se existisse uma prática imoral e enganosa nesses tratamentos espirituais, claro que o governo impediria para nos proteger. Para fazer o bem para o povo, governo e tais igrejas benfeitoras são “farinha do mesmo saco”. Voltando ao sabonete espiritual, aconselha-se comprá-los de dúzia. Assim cada membro da família fica com o seu individual. Nas casas em que o sabonete é coletivo para banho, sempre tem discussão quando alguém encontra pelo de outro no sabonete. Isso irrita muito. Sendo individual, quando alguém vê um pelo de saco ou pelo de xana no sabonete, ele ou ela sabe que o pelo só pode ser dele ou dela. Diga-me que nunca viu um pelo de saco ou de xana num sabonete e eu te direi que você não é deste planeta. 


Altino Olympio

Leia outras matérias desta seção
 » Fluxo de sensibilidade
 » Será que a vida é uma ilusão?
 » A marca da besta
 » Convém não pensar
 » Adeus dia de Finados
 » Conversa ocasional
 » Por que viemos ao mundo?
 » O passado convive com o presente
 » Os traídos e os traidores
 » Os exagerados do Youtube
 » Os que não sabem são os que mais sabem
 » Brasil, fonte do saber
 » Seres humanos que muito irritam
 » A Torre de Babel brasileira
 » Pegando pesado
 » Pensamentos lúcidos
 » O diálogo entre um Ateu e um Espírita
 » O gostar de alguém sem o alguém saber
 » Má temática da vida
 » Avenida Paulista amarelada

Voltar