17/11/2017
O melhor programa de televisão

Antigamente se acreditava que “se apareceu nos jornais, nas rádios e na televisão” tudo era verdade e continua sendo para muitos daqueles que não acreditam em falsidades. De fato, nesta época da tão bem presente inversão de valores, enganar e ser enganado parece que até faz bem à saúde (risos). As pessoas que enganam e as pessoas que são enganadas sempre se dão bem e não há atrito entre elas. Pois, as que sempre enganam e as que sempre são enganadas continuam existindo sem qualquer constrangimento.

Nestes nossos dias tão propensos para enganar e ser enganado, nem o famoso enganador das histórias do nosso passado que se chamava “Pedro Malasartes” iria conseguir viver sem ser enganado também. Lembrei-me dele ao assistir os melhores programas de televisão que são sobre política. Confesso, nunca havia visto tantos homens e tantas mulheres tão inteligentes com tanta, mas com tanta inteligência, com tanta capacidade e com tanta vocação para reverter à péssima situação política e financeira em que se encontra este país tão rico com os tantos partidos políticos que têm.

Tais partidos e tais políticos, tudo o que nos prometem só pode mesmo ser verdade porque divulgam tudo pelos jornais, pelas rádios e pela televisão. Quando prometem através desses órgãos noticiários tão sérios, nada exteriorizado por eles pode ser mentira. Escrever sobre verdades iguais a estas não é bom, pois, podem me chamar de Altino Malasartes (risos). Pelo menos aqui reforcei a insofismável realidade dos mais evoluídos: Se saiu no jornal, se falaram na rádio e se transmitiu pela televisão, tudo só pode ser verdade. Também a “curtura” que a televisão transmite é superior as que os pais podem proporcionar aos seus filhos. É por isso que nestes tempos, como se vê, muitos dos habitantes deste nosso país são os mais bem moralizados do mundo.

 

Altino Olympio



Leia outras matérias desta seção
 » Se não fosse os outros...
 » Fluxo de sensibilidade
 » Será que a vida é uma ilusão?
 » A marca da besta
 » Convém não pensar
 » Adeus dia de Finados
 » Conversa ocasional
 » Por que viemos ao mundo?
 » O passado convive com o presente
 » Os traídos e os traidores
 » Os exagerados do Youtube
 » Os que não sabem são os que mais sabem
 » Brasil, fonte do saber
 » Seres humanos que muito irritam
 » A Torre de Babel brasileira
 » Pegando pesado
 » Pensamentos lúcidos
 » O diálogo entre um Ateu e um Espírita
 » O gostar de alguém sem o alguém saber
 » Má temática da vida

Voltar