24/09/2018
Que Brasil você quer ?

A muito estimada Rede Globo de Televisão diariamente interrompe o noticiário do seu Jornal Nacional para exibir vídeos com o título de “Que Brasil você quer”, que lhes são enviados de todos os lugares do Brasil por seus telespectadores e que são gravados por eles mesmos através de “selfs” (o tirar fotografia de si mesmo) pelos seus telefones celulares. Nos rápidos vídeos cada um diz ou pede que se execute aquilo que “acha” que é necessário ou importante para sua cidade ou para o país. Sejam sobre benfeitorias sobre o serviço público, para afastar do poder os políticos corruptos, reforçar a segurança pública e etc.

Que idéia magnífica essa da Rede Globo fazer com que por todo o Brasil pessoas com suas reivindicações sejam vistas e ouvidas no horário nobre da televisão brasileira. “Acertaram na Mosca”! Agora sim tudo vai ser resolvido. Todos os políticos candidatos a se elegerem em outubro de 2018 ficam atentos aos desejos dos brasileiros que se manifestam através dos seus vídeos pelo Jornal Nacional naqueles instantes do “Que Brasil você quer?”. Eles não vão decepcionar quem através da Rede Globo “descobriu” o que o país e os brasileiros precisam para o retorno do progresso.

Sabe-se que não poucos brasileiros, incompreensíveis como são, disseram que os políticos nada fazem pelo povo e alguns chegaram até ao absurdo de dizer que muitos deles não prestam. Mas, “coitados”, eles nunca souberam do que de fato os brasileiros precisavam para ter uma vida condizente com os seus merecimentos e do que o país precisava para poder progredir. Felizmente agora eles já sabem e graças ao “Que Brasil você quer?” da Rede Globo de Televisão que está sempre presente nos fatos ou acontecimentos do cotidiano que sejam bons para o país e para o seu povo. Nem quero pensar no que seria de nós se não existisse a Rede Globo de Televisão. Talvez ficássemos desolados sem suas “autênticas” informações.

Altino Olympio



Leia outras matérias desta seção
 » Profissões supérfluas rendem mais
 » Brasil a deriva
 » Somos todos irmãos, mas, nem tanto assim
 » Poluição mental
 » O Psiquiatra esquartejador
 » “Formigação” indesejável
 » Somos prisioneiros do tempo
 » O império da sexualidade
 » Rio assassinado e garoto acidentado
 » O universo mental de cada um 
 » O homem que lê vale mais?
 » Futuro interrompido
 » Um padre na escuridão
 » Madrugada sem solidão
 » A história de quem fez história
 » Jovens e velhos e suas diferenças
 » A santa ingenuidade
 » Saudades do raciocínio
 » Não existem coincidências?
 » O destino oculto das nossas vidas

Voltar