04/02/2019
Futuro interrompido

Não poucas vezes como se sabe aqui neste país houve deslizamentos de terras que vitimaram muita gente. Tais tragédias não são seletivas, isto é, não escolhem pessoas para serem suas vítimas. Um deslizamento de terra ao invadir uma casa e derrubá-la causa a morte de quem esteja lá, sejam ateus ou religiosos, sejam adultos, crianças ou mesmo bebês ainda de colo. O desmoronamento mais ocorre quando a terra está encharcada por águas da chuva e encobre pessoas, como numa coincidência à noite quando todos estejam dormindo. Assim, com elas morrendo, seus futuros ficam interrompidos e logo serão esquecidas. Como sempre se constatou, nesses fatos tristes e lamentáveis não existem proteções extraterrenas.

No dia vinte e cinco de janeiro deste início do ano de 2019 ouve o rompimento de uma barragem de rejeitos de minério lá na Cidade de Brumadinho do Estado de Minas Gerais ocasionando muitas mortes. O fato foi nacional e internacionalmente divulgado pela mídia. Entre outras, a maioria das mortes foi dos próprios funcionários da empresa “responsável” pela barragem. Este texto não está a detalhar sobre como tudo aconteceu porque a mídia, como sempre, já se encarregou disso. Este texto está a chamar à atenção sobre o fato de que, o poder humano só está na “advertência, precaução ou prevenção” sobre qualquer fatalidade que possa ocorrer. No caso de Brumadinho nada disso ouve que pudesse antever o lamentável ocorrido. Como se sabe nenhuma autoproteção existiu e nem a extraterrena para aqueles que ficaram expostos a uma “enxurrada” de lama. Muitas pessoas morreram. Seus presentes e futuros foram interrompidos.

Quantos sonhos de realização estavam na imaginação daquelas vítimas de Brumadinho? Tudo o que vive quer viver! Mas, esse querer por si só não basta para poder continuar a viver. Essa “experiência” de existir, de viver torna-nos sujeitos a todas as complicações que devemos temer. Com certeza podemos nos advertir, nos precaver contra elas quando isso é possível. Mas, não contra quando elas sejam imprevisíveis e surpreendentes como acidentes inevitáveis, latrocínios e etc. que possam causar nossas mortes, interrompendo assim o nosso futuro. Nesses casos nenhuma proteção existe, seja ela física ou proveniente do mundo que ainda só existe como idéia. Entretanto, acreditar em proteção embora ela não se manifeste, isso é bom porque traz algum conforto para quem acredita existir uma segurança que transcende tudo o que seja tangível.

Altino Olympio 



Leia outras matérias desta seção
 » Pegando pesado
 » Pensamentos lúcidos
 » O diálogo entre um Ateu e um Espírita
 » O gostar de alguém sem o alguém saber
 » Má temática da vida
 » Avenida Paulista amarelada
 » Tempo e a submissão a ele
 » Os simples e os gênios da humanidade
 » História apavorante
 » É proibido e pecado se suicidar
 » O castigo existe?
 » As noites são das lembranças
 » Homem, o dominador
 » A moda rasgada  
 » Agora as ruas são desertas de crianças
 » Sepultados no mar
 » A personalidade
 » A biblioteca do orgulho
 » Será que somos insignificâncias neste mundo?
 » O povo sempre é e sempre será o povo

Voltar