15/07/2019
Pensamentos lúcidos

Se pudéssemos ler pensamentos nós deixaríamos de nos relacionarmos com muitas pessoas. Isso porque leríamos que elas ainda estão na fase psíquico-egocêntrica (risos). Todos os pensamentos delas só se referem a elas mesmas. Poderíamos considerar que são pessoas vazias e só preenchidas com o que não interessa para ninguém. Nada teriam para exteriorizar que não fossem apenas as suas trivialidades. Às vezes diante de pessoas assim a gente tem vontade de gritar por socorro (risos).

Um dos problemas que dificulta as pessoas evoluírem mentalmente está em que os pensamentos delas são desconexos. Elas não conseguem monitorá-los, administrá-los conforme eles “sem querer” aparecem. Com tantos pensamentos a afluírem provenientes da memória irrequieta, todos eles mais são provenientes de fatos passados. Tudo o que é do passado embora tenha acontecido e sido real, não tendo existência no presente é irreal. Muitas pessoas se deixam envolver com recordações, talvez porque, em seus presentes nada há que poderá servir de recordação para o futuro.

Se qualquer pessoa ficar se recordando desde quando nasceu até agora, serão tantas as suas lembranças, tristes ou alegres que, ela nem precisaria ir ao cinema ou ao teatro para assistir e se distrair com “coisas” dos outros (risos). Entretanto, tem pessoas que dizem que nas noites o passado não as deixa em paz. Suas “retroatividades” as desagradam e atrapalham os seus sonos. “As lembranças me chegam sempre em noites tão vazias e mexem tanto com a minha cabeça e quando o sono chega o dia já nasceu” (letra da música do Roberto Carlos) Agora, lembrando o guru ou esotérico George Ivanovich Gurdjieff, em seus escritos ele disse que todos dormem, inclusive quando estão acordados. É fácil verificar isso num transporte público quando muitos dos passageiros prisioneiros dos seus pensamentos estão mentalmente distantes de donde estão. Parecem mesmo que estão dormindo e sonhando acordados.  

O sonhar acordado se parece com os nossos sonhos que são desconexos. Num instante (do sonho) estamos num lugar, logo estamos em outro, estando com alguém logo é com outro alguém que estamos e são tantas as situações desordenadas que, quando acordamos não conseguimos recordar quais as situações mais curiosas ou interessantes dos sonhos. Já ouvi dizer que se podem ter sonhos lúcidos, mas, não entro no mérito dessa questão porque não tenho experiência sobre isso. Contudo, os pensamentos, eles podem ser lúcidos. Quando pensamos, quando nos concentramos num problema e não deixamos outros pensamentos alheios ao problema a nos invadir, isso é o pensar lúcido.

 

Altino Olimpio



Leia outras matérias desta seção
 » A marca da besta
 » Convém não pensar
 » Adeus dia de Finados
 » Conversa ocasional
 » Por que viemos ao mundo?
 » O passado convive com o presente
 » Os traídos e os traidores
 » Os exagerados do Youtube
 » Os que não sabem são os que mais sabem
 » Brasil, fonte do saber
 » Seres humanos que muito irritam
 » A Torre de Babel brasileira
 » Pegando pesado
 » Pensamentos lúcidos
 » O diálogo entre um Ateu e um Espírita
 » O gostar de alguém sem o alguém saber
 » Má temática da vida
 » Avenida Paulista amarelada
 » Tempo e a submissão a ele
 » Os simples e os gênios da humanidade

Voltar