19/08/2019
Os exagerados do Youtube

Nestes tempos tão favoráveis para as imbecilidades promulgadas, a incidência da tecnológica cada vez mais se faz presente no cotidiano das pessoas que buscam distrações de qualquer forma. Foi-se o tempo em que cada um mais convivia consigo mesmo do que com os outros. Sendo breve, agora existindo a internet, muitas pessoas (aquelas que mais convivem com o que os outros pensam e dizem) sempre acessam o Youtube que é um site (endereço) de compartilhamento de vídeos enviados pelos usuários da internet, aqueles que, como se diz, têm um canal no Youtube.

Muitos deles, nos vídeos que produzem, são exagerados, irritantes e até mentirosos no jeito de exteriorizarem sobre algo ou sobre alguém usando impostação da voz: “Agora sim o que vou relatar é uma bomba. É o fim daquele político corrupto. Finalmente vão caçar o registro daquele partido político, BOMBA, BOMBA” e como se “vê” depois, nada do que anunciam ou denunciam vai mesmo acontecer. E, não é sempre que alguma bomba noticiosa “exploda” como eles anunciam.

Todos eles pedem para se clicar no like (gostar), no sininho e se inscrever no canal deles do YouTube. Com muitos inscritos logo eles terão “propagandas a interromper” o seguimento de seus vídeos expostos, fato este, muito emocionante, muito apaixonante para quem é muito inteligente e ama ser interrompido por propaganda que não lhe interessa (risos). Parabéns à internet que dá chance para qualquer um (um qualquer) ser benfeitor da humanidade utilizando-se de empolgação para informar aos mal informados as desgraças que possam se suceder provenientes das políticas mal praticadas. Pensando bem, se eles só fossem anunciar o que de fato tivessem certeza, talvez, teriam pouco para anunciar. Mas, ser bombástico no que se expõe, pode mesmo agradar aqueles simpatizantes da veemência verbal com que muitos usam para serem ouvidos.

 

Altino Olimpio

 

 



Leia outras matérias desta seção
 » Convém não pensar
 » Adeus dia de Finados
 » Conversa ocasional
 » Por que viemos ao mundo?
 » O passado convive com o presente
 » Os traídos e os traidores
 » Os exagerados do Youtube
 » Os que não sabem são os que mais sabem
 » Brasil, fonte do saber
 » Seres humanos que muito irritam
 » A Torre de Babel brasileira
 » Pegando pesado
 » Pensamentos lúcidos
 » O diálogo entre um Ateu e um Espírita
 » O gostar de alguém sem o alguém saber
 » Má temática da vida
 » Avenida Paulista amarelada
 » Tempo e a submissão a ele
 » Os simples e os gênios da humanidade
 » História apavorante

Voltar