28/01/2020
O melhor amigo vai chegar

Finalmente o melhor amigo vai chegar. No início deste ano de 2020 a Samsung anunciou o seu invento, um “ser humano” virtual graças á Inteligência Artificial. Se bem entendi e não me confundi qualquer ser humano real poderá ter como amigo a nova tecnologia, isto é, um humanóide (que se parece ou age como o ser humano, mas não é) a disposição para dialogar com ele. Poderá lhe fazer perguntas e ele responderá através das informações coletadas que ele tem.

Parece que os “amigos virtuais e irreais” tenderão a substituírem os amigos reais de carne e osso que com o passar do tempo estarão escassos se é que já não estão escassos para muita gente (risos). Na tal tecnologia se poderá também criar uma personalidade (imagem) desejada do “novo amigo” para que ele possa simular um ser humano verdadeiro pra ser companheiro. E num futuro próximo essa tecnologia do amigo virtual poderá ser transferida para um robô e ele poderá habitar em qualquer lar de quem puder pagar sendo o melhor amigo em quem se pode confiar.

Para haver harmonia na convivência com ele será preciso torcer pro mesmo time de futebol que ele e ambos serem fanáticos pelo mesmo partido político porque senão... Hoje não mais existe restrição para pessoas do mesmo sexo se casar e então, talvez, também venha a ser possível alguém se apaixonar pelo amigo virtual transformado num bonito robô e se casar com ele. Ah, mas isso já é outro assunto (risos).

Altino Olimpio



Leia outras matérias desta seção
 » Fim de domingo
 » Mas que falta de consideração
 » Nada como poder falar e aparecer
 » Minhas andanças por ai
 » Agora temos contatos, mas não com tatos
 » Quem sabe, sabe e conhece bem
 » A enganação parece eterna
 » A grande fraternidade branca
 » Os dias que sempre nos esperam
 » Frases ou lembranças que me chegam
 » O paraíso perdido
 » Penso, logo existo. jargão antigo
 » Os ladrões do tempo
 » A sacanagem não muda
 » Para os que não pensam pensarem
 » Não é tudo que o tempo modifica
 » O braço direito do homem
 » O inexplicável sentido da vida
 » Tempos e contratempos
 » Raciocinar cansa muito

Voltar