06/05/2024
Alma ferida

Alma Ferida

É com  o coração despedaçado que escrevo essas linhas… as minhas preces estão a todo instante clamando por piedade ao senhor meu Deus, para esse povo que tbem é nosso povo, nosso irmão do Rio Grande do Sul!

Não me envergonho de dizer aqui que estou me sustentando com medicamentos. Não consigo estar alheia à tanto sofrimento. 

Meu pranto que cai sem parar, inerente à minha vontade, não alivia a dor que estou sentindo por todas as pessoas e os inocentes animaizinhos, dos quais sou com muito orgulho, uma singela protetora. 

Pequena a minha contribuição pra eles, mas o pouco de cada um, faz o muito para quem nada tem !

Não cabe a mim julgar, não cabe a mim a revolta com nosso criador que tudo sabe, e os porquês só ele guarda… mas cabe a mim, a nós, como seres humanos que penso que somos,  estender a mão, ou que seja dizer apenas uma oração em favor daqueles que estão no infortúnio…

Voltar nossos pensamentos positivos para que um bálsamo suave de fé, atinja esses corações tão amargurados nesse momento. 

Mas ainda assim, diante de tanta tristeza, conseguimos ver o quanto de muitos irmãos estão lá doando seu tempo, seu trabalho, suas palavras, muitos até arriscando a própria vida em prol de seu semelhante e dos animais. 

Mesmo diante de tanta tristeza, orgulho- me dessas pessoas que se doam sem olhar pra quem. 

Ainda existe esperança para o ser humano , que nesses momentos, se mostram filhos de um Deus que a tudo vê e dará para cada um , conforme suas ações. 

Senhor, “ daí a César o que é de César”. 

Seja feita sua vontade. 

Mas piedade senhor para aqueles que sofrem, pois eles, todos eles, racional ou supostamente irracional, são seus filhos.

Essa é minha singela homenagem para nossos irmãos do Rio Grande do Sul. 

Selma 

 

 



Leia outras matérias desta seção
 » Aniversário
 » Alma ferida
 » Não aprendi dizer adeus!
 » Os micos que pagamos na vida !
 » O último dos Moicanos. 
 » Pesadelo x Realidade
 » Doces Lembranças
 » A Bisa e os cueiros
 » A danada
 » Sonhos de um palhaço
 » Engripou o motor
 » Jogando esterco no mundo
 » Ação e Reação
 » O amor venceu
 » Viagem na máquina do tempo
 » Na escola da vida
 » Parte de quem parte,fica!
 » Nostalgia mineira
 » Para você amiga Lùcia
 » Rabo verde

Voltar