Deseja enviar um e-mail? Clique aqui!

Você está navegando pela página 10 dos e-mails.

Assunto: diabetes
Data: 06/03/2015
De: elvira nagaoki
minha mãe é diabética e começou a ter problemas no rim o que ela tem qu fazer.N.R. Em primeiro lugar procurar um médico urgente em segundo controlar a glicemia para não agravar os danos aos rins.

Assunto: fazenda maravilhosa
Data: 06/03/2015
De: Indalécio Parnaíba
que fazenda maravilhosa eu conheci no interior, a casa tem uma lavanderia invejável, pena que daqui a alguns anos vai aparecer vazamentos

Assunto: Vaga para estagio
Data: 27/02/2015
De: Jaqueline do Monte <[email protected]>
Gostaria de saber se existem oportunidades de estagio, para estudantes de Jornalismo. Muito obrigado! N.R. Existe, envie seu curriculum para [email protected]

Assunto: plano de saude
Data: 24/02/2015
De: taylor niedzwiedz
Meu filho tem um plano de saude empresarial. No mes passado o sindicato mudou de operadora. Meu filho fez uma cirurgia atraves dessa operadora. Ocorre que neste mes o sindicato mudou novamente de operadora e meu filho ainda nao terrminou o tratamento. A operadora por onde ele fez a cirurgia é obrigada a dar continuidade no tratamento? Saliento que ele tem que fazer uma outra cirurgia para a retirada de um pino da cirurgia e o médico não atende no novo plano. O que devo fazer? N.R. Seu filho não pode ser prejudicado por essa dança de operadoras, o sindicato tem que resolver com as operadoras qual delas continua o o tratamento, no caso de recusa  pelo sindicato, acione os meios legais a sua disposição como o Procon, ANSS , MP , e Justiça.

Assunto: plano da minha empresa
Data: 23/02/2015
De: tereza <[email protected]>
boa noite eu tinha plano de saude que meu marido pagava que era da empresa que ele trabalhava por 4 anos e agora ele foi mandado embora e a gente não tem mais .pedi na minha empresa e ela negou dizendo que eu deveria ter pedido quando eu entrei na empresa gostaria de saber se e certo eles fazer isso...muito obrigada ...N.R. Normalmente os planos empresariais aceitam entrada e saída a qualquer momento, a atitude da empresa é estranha, procure seu sindicato, procom ou a Agencia Nacional de Saúde Suplementar. 

Assunto: e-mail da redação
Data: 13/02/2015
De: Milton Merlucci <[email protected]>
Qual é o e-mail da redação?. N.R. para enviar anexos utilize   [email protected]

Assunto: Claudio cardoso
Data: 10/02/2015
De: marcia buchino
Gostaria de obter o e-mail ou fone do claudio cardoso pois ele e primo de minha mãe.Será possivel? Agradeço antecipadamente.

Assunto: Recebi cobrança sem nunca ter estado internada no Hospital H
Data: 04/02/2015
De: DEBORA PEREIRA MONTES <[email protected]>
Meu pai deu entrada no Hospital sao Luiz pelo convenio médico dele com cobertura total e veio a falecer um mês depois. Depois de 09 meses recebi uma cobrança através do SCPC em meu cpf do hospital me cobrando por algo que nem sei do que se trata. É possivel uma situação dessa? Primeiro porque o convenio médico era do meu pai sem vinculo nenhum da minha parte, depois porque nunca autorizei e nem sequer recebi nenhuma planilha de gastos do hospital e cobrança posterior. N.R. Provavelmente foi você quem assinou o termo de responsabilidade pela internação do seu pai, quando ele deu entrada no Hospital, responsabilizando-se por qualquer gasto não coberto pelo seguro, caso não tenha sido esse o motivo entre na Justiça contra o Hospital e o SCPC. 

Assunto: cirurgia
Data: 26/01/2015
De: isabel Cristina de souza Lopes <[email protected]>
Tenho um plano de saúde que tem 1 ano 5 meses fiz uns exames porque sinto dores abdominais no exame de ernia umbilical passei por todos os exames pre operatório quando voltei com meu cirurgião ele disse que não podia me opera porque estou em carência que so poderia me opera se eu tivesse 2 anos de plano agora estou aqui pedindo informação sobre isso se o plano pode fazer isso comigo so sei dizer que sinto tantas dores que eu fico sem condições pra ir pro meu trabalho.N.F. O contrato pode prever essa carência mas quem determina a urgência é o médico,nesse caso se o plano não quiser pagar é necessário entrar na justiça, procure uma segunda opinião médica.

Assunto: Contratação individual para recém nascido
Data: 21/01/2015
De: maristela nascimento <[email protected]>
Quero contratar plano individual para meu neto recém nascido mas os corretores me informam que só posso contratar um plano familiar no caso com a mãe que já tem convênio, como está regulamentado as normas de compra de plano de saúde. Aguardo resposta. Obrigado.N.R. Nesse caso é preciso consultar o plano e o contrato, normalmente a inclusão do recém nascido no plano da Mãe é possível sem maiores problemas,  contratar um plano individual só para o bebê vai ser difícil porque as operadoras não tem interêsse, preferem os coletivos feitos em nome de alguma empresa porque os  reajustes são  diferentes,  nos seguros individuais quem aprova o reajuste é a ANSS uma vez por ano e no caso de empresas o reajuste é praticamente livre.

Assunto: BENEFICIO
Data: 21/01/2015
De: INGRID DA CONCEIÇÃO REIS <[email protected]>
GOSTARIA DE SABER SE A PESSOA QUE SOFRE COM DIABETE TEM DIREITO A RECEBER UM AUXÍLIO MESMO SEM CONTRIBUIR COM O INSS. POIS NUNCA RECEBIR NENHUM AUXÍLIO DA PREVIDÊNCIA DURANTE ESSE TEMPO DE DIABETICA JÁ TIVE QUE TIRAR DO BOLSO PARA COMPRAR A MINHA INSULINA QUANDO POR MUITAS VEZES FALTAVA NO POSTO OU NO CASE AONDE EU COM MUITO ESFORÇO CONSEGUIR O DIREITO DE PEGAR DE GRAÇA.N.R. Diabetes não é uma doença considerada incapacitante, portanto não dá direito a nenhum benefício junto ao INSS, entretanto, a doença pode causar graves complicações de saúde como cegueira por exemplo, nesses casos existe previsão legal de pensão.

Assunto: insulina
Data: 21/01/2015
De: ingrid da conceição reis
JÁ TEM QUATRO ANOS QUE TENHO DIABETES E DESDE ENTÃO VENHO SOFRENDO COM FORTES DORES,É OUTRAS DOENÇAS QUE VEM APARECENDO POR CAUSA DA DIABETE. QUERIA SABER SE VOÇÊS PODIAM AJUDAR ME DANDO ALGUMAS DICAS DE COMO SE LIVRAR OU AMENIZAR ESSAS DORES INSURPOTAVEIS. N.R. Em primeiro lugar voce deve controlar o diabete e estabilizar a glicemia, as dores que sente  não necessariamente podem ter origem no diabetes, o ideal é consultar um médico que vai requisitar exames e demais informações para um diagnóstico correto.


Assunto: Redução da mama
Data: 13/01/2015
De: Elisangela Camara Castro <[email protected]>
Boa Tarde! Tenho convenio e sinto muitas dores nas costa devido ao tamanho do meus seios, tenho 1,65m e uso sutien 50, o convenio é obrigado a fazer a cirurgia 100% gratuita caso meu medico informe q estou precisando?. N.R. Em caso de estar prejudicando sua saúde conforme opinião médica, o convênio é obrigado, caso não autorize a cirurgia voce deve recorrer a Justiça.

Assunto: plano de saude
Data: 09/01/2015
De: nathan renner <[email protected]>
trabalhei em uma empresa por 8 meses contribuindo com o plano de saude, fui demitido sem justa causa, minha esposa está gravida, e eles disseram que não tenho ao plano de saude, por ter contribuido por apenas 8 meses, mas em tudo que eu li, não consta o que eles me disseram, eu não tenho direito mesmo ou devo procurar a justiça?N.R. Existe o período de carëncia nos contratos, pode ser o seu caso, mas voce deve recorrer a Justiça por conta da gravidez.

Assunto: direito a insulina gratuita
Data: 04/01/2015
De: Edna Peixoto <[email protected]>
Minha mãe tem 83 anos e é portadora de diabetes tipo 2 há mais de 20 anos. Ela não é inscrita no SUS e é pensionista da Aeronáutica. Gostaria de saber se ela têm direito a receber a insulina Levemir, glicosímetro, e tiras gratuitamente. Em caso afirmativo, como devo proceder para orienta-la.N.R. Levemir e Lantus não estão no programa de distribuição gratuita de medicamentos (Farmacia Popular), são insulinas muito caras e podem ser substituidas pela insulina NPH comum que é grátis, peça ao médico assistente para avaliar. Tiras de teste podem ser conseguidas na UBS  e glicosímetro em qualquer farmácia, custa  em torno de R$50,00 e até os grandes supermercado vendem.

Navegação:   Anterior | 0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | Próxima

Atenção:
Todos os e-mails enviados ao Jornal são publicados na íntegra e não passam por revisão ortográfica.

Voltar