07/06/2017
Um anjo em minha vida

Eu estava ainda sob o impacto da perda de minha grande amiga naquele acidente de moto.

Mas como a vida segue, eu tive que continuar…

Um dia, surge uma pessoa na minha sala de trabalho, e, ainda hoje, lembro-me de seu jeitinho tímido, toda vestida de azul, dizendo que nunca havia feito tratamento estético e que estava ali porque soube de minha “capacidade” como esteticista.

Sabem quando a gente olha para uma pessoa e gosta imediatamente, sem restrições?

Foi assim com ela. Nos entendemos na mesma hora, ela ficou à vontade e naquele mesmo instante, começou uma amizade que dura até os dias de hoje.

Nos primeiros oito meses de tratamento, trabalhávamos semanalmente apenas estética facial e quando eu disse que poderia dar um intervalo nas suas vindas, ela respondeu sem hesitar que de forma alguma ela deixaria de vir com a mesma frequência. Achei graça… e enorme foi minha surpresa com sua revelação: “ Vou contar um segredo para você, estou apaixonada mas tenho muita vergonha de meu corpo, e até que você dê uma melhorada, eu não aceitarei aproximação do meu eleito”.

Talvez vocês não acreditem mas é verdade, ela era tão tímida que não tinha coragem de se mostrar. Juntas, fomos vencendo tudo isso, e um dia finalmente, ela resolveu aceitar o amor que lhe apareceu.

Fui testemunha e cúmplice desta historia que existe até hoje…Sim, eles estão juntos, casados e felizes.

Nossa amizade cresceu tanto que sempre dizia que ela era o anjo que apareceu em minha vida, num momento de imensa tristeza, quando perdi minha amiga-irmã.

Ela sempre gostou de presentear, e graças a vida que Deus lhe permitiu ter com muita fartura de bens materiais, seus mimos para mim, eram frequentes, lindos e muitas vezes dos mais caros.

Sabendo de minha adoração por borboletas, sempre que via alguma coisa com esse tema, presenteava–me.

No começo, eu ficava bem sem jeito, mas depois aprendi que ela gostava de agradar, e não se preocupava com a questão financeira.

Graças a ela, tenho uma coleção de jóias em forma de borboletas de todos os tipos de preciosidade.

Ela esteve comigo daí para a frente, em todos os momentos bons e ruins e eu estive com ela nas mesmas circunstancias.

Quando finalmente eu pude me casar na igreja (já era casada no civil), ela fez questão de ser minha madrinha, e me surpreendeu com uma linda festa. Foi um dia inesquecível, como todos os que passamos juntas…

Festas de aniversários, festas de Ano Novo, com direito a queima de fogos e com a vista privilegiada da Baia de Santos, pois sua maravilhosa e acolhedora casa esta num lugar de onde se vê toda a cidade…Momentos ímpares.

Nenhuma data passava em branco...

Uma vez, ela mandou preparar uma festa surpresa de aniversário que me deixou sem fala…o salão estava todo decorado com balões em forma de coração, e o meu vinho favorito foi servido para os convidados. Nenhum detalhe escapava de sua aguçada percepção.

Enfim, ela sempre foi DEMAIS…

Mas a maior felicidade que recebi desta amizade, foi vê-la mudando de uma mulher tímida, para uma MULHER SENSUAL, LINDA e SEGURA.

Transformou seu estilo, em todos os sentidos…

Descobriu a beleza que estava escondida.

Esta nova mulher de cabelos negros, que agora estavam sempre soltos, brilhantes, com pele cuidada e maquiada tornou-se mais jovem e poderosa.

Elegância e sensualidade exalam por onde ela passa

Sua beleza agora é completa…por dentro e por fora.

Mas, chegou o dia que a vida quis nos separar, eu precisei aposentar-me por questões de saúde e ao mesmo tempo, tive que mudar de Estado.

Meus pensamentos me levavam novamente àquela sensação de perda.

Por diversas vezes, falamos sobre nossa despedida mas a tristeza fazia com que mudássemos de assunto.

Enfim, chegou o dia, eu tinha que ir…tínhamos combinado que não nos veríamos mas eu não fui capaz de ir embora sem vê la.

Fui até onde ela estava e este encontro foi tomado pela emoção.

Apenas um forte abraço e um objeto foi colocado em minhas mãos…

Ela disse : “Vá e não olhe para trás…eu quis muito que você viesse,

que bom que o fez!

Entrei em meu carro chorando, segurando firme aquela caixinha que ela me entregou.

Quando finalmente consegui abrir, lá estava “A borboleta”, desta vez em forma de brincos de ametista e brilhantes, mais um detalhe, ela sabia que lilás é minha cor favorita. Junto, havia um cartão dizendo: “Voe borboleta, mas nunca se esqueça de mim.”

Meu anjo ainda esta presente em minha vida todos os dias, quando logo cedo me diz através de mensagem:

“Bom Dia minha amiga”.

Selma Esteticista

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Leia outras matérias desta seção
 » A bisavó
 » Um anjo em minha vida
 » Para Ela...
 » O cara de pau
 » O mistério da foto
 » Quando a inocência quebra as regras.
 » Uma das minhas Heroínas
 » O convite
 » Mea culpa?
 » Meu filho
 » O trabalho
 » A prova
 » O doutor
 » O porta malas
 » A menina belga
 » O mistério
 » A fotógrafa
 » A curiosidade quase mata a gata
 » O espanhol vaidoso
 » Vita a problemática

Voltar