10/05/2018
Direito de Resposta do Mr. Brom

Direito de Resposta do Mr. Brom

Acho que tenho o direito de resposta...

Muitos acham que a minha missão é fácil... Engano total!

Creio que desde a minha concepção... Tudo sempre foi muito bem pensado e regras foram sempre seguidas, assim, cresci e me destaquei vigoroso, e como todos dizem: muito competente!

Não pensem que foi fácil chegar aonde cheguei...

Tive que agradar muita gente para alcançar a minha posição e mostrar a minha “pegada”, mas tenho que admitir: gosto do que faço e faço muito bem!!!

Sei que vai chegar a hora em que eu não estarei mais na minha melhor performance, mas não quero pensar nisso agora. Prefiro me deliciar com as declarações de amor, cheias de malícia e desejo, que funcionam como um verdadeiro delírio no meu dia-a-dia.

Me alimento desses olhares cheios de cobiça, vou às nuvens a cada gemido de prazer. Mas após tudo isso, sou obrigado a voltar para o meu canto solitário, e mais uma vez me sinto usado.

Bem, acho que foi positivo descrever em poucas linhas o meu lado da história, afinal de contas, é importante ressaltar que aquele que proporciona tantas sensações boas, também pode se sentir deixado de lado em alguns momentos.

É por isso que faço aqui meu apelo:

Selminha, minha esteticista amada, nunca abandone o seu ‘vibrador’... ...ops! desculpe, o seu ‘massageador’ num canto qualquer!!

Resposta sugerida por minha cliente, usuária do Mr. Brom, Gabi Cravo e Canela. (Selma Esteticista)


N.R. Conforme dispositivo legais o direito de resposta de  Mr. Brom é publicado no mesmo espaço e coluna do Jornal A Semana. 


 



Leia outras matérias desta seção
 » Abrindo o Baú...
 » Sorrir sempre
 » Direito de Resposta do Mr. Brom
 » Mr. Brom
 » Uma mulher singular
 » Insanidade
 » Divisor de àguas
 » A dor da perda é o tamanho do amor.
 » Enfim
 » Alçando vôo
 » Era uma vez...
 » Triste sina...
 » Voltei para o meu jardim
 » As inseparáveis
 » Idas e vindas
 » As balas
 » O tubinho branco
 » Metamorfose
 » Anjo Negro
 » Agulhada

Voltar