22/09/2023
Cada dia é apenas mais um dia

Cada dia é apenas mais um dia

Hoje neste mais um dia de vida nem quero saber quantos dias ainda terei 

Olhei pela janela do meu quarto o fundo do quintal e ele me pareceu ser um pequeno deserto particular e isolado do mundo

Não sinto solidão porque tenho três gatos deitados ao meu lado tomando conta de mim (risos), embora eu goste da solidão para eu ser eu mesmo e não aquele que tenho que ser quando estou na presença de outros

Quando estou na minha intimidade parece que sou levado a me lembrar como estou tão distante de tudo o que eu fui. Vivendo neste agora estou a me sentir um nada ser para que possa se lembrado depois

Ás vezes penso naqueles que nunca mais ouviram falar de mim como também eu nunca mais ouvi falar deles e assim estamos quites (risos)

A muita idade faz ficar pensando na morte e em como ela tanto foi explicada por quem nunca morreu

Tem gente que pensa ser um mistério estar aqui neste mundo, mas não tem mistério, está aqui porque foi consequência de um prazer sexual entre um homem e uma mulher e sendo assim quem nasce só tem a alternativa de ser obrigado a viver até morrer e isso é tudo 

Raciocinar não é bom porque pode reconhecer as ilusões e as superstições que as pessoas não querem se livrar delas para deixarem de ser enganadas

Às vezes tenho vontade de silenciar quem interrompe o meu silêncio

Quando estou com outros logo sinto vontade de estar sozinho

Quando estou sem fazer nada já é estar fazendo alguma coisa.

Quando cheguei até o não desejar mais nada meu viver ficou melhor o mundo se tornou indiferente para mim

Quando fico pensando na imensidão do mundo e na vastidão do universo com tudo o que eles contêm percebo que a minha vida é irrisória 

Os fins das tardes de domingo trazem monotonia e melancolia para quem tem um viver solitário

Antigamente quando o sol se ia a noite vinha para trazer o silêncio daquele viver sem telefone e sem televisão que não existiam para interferir com a tranquilidade daquele viver simples de quando as pessoas se entendiam melhor e eram mais amistosas

As pessoas são conforme são os seus pensamentos e os meus não são conforme são os pensamentos dos outros e é por isso que não existe igualdade entre os homens a não ser a igualdade nos direitos sociais que vigoram no país onde eles vivem 

Aqui na noite sinto saudade da árvore dama da noite que perfumava a rua donde ela estava e provocava o ausentar dos pensamentos para sentir aquele aroma-romance nas noites de primavera sob a claridade da lua

Os dias de agora como quaisquer dias eles se sucedem depressa como nada tendo de fatos especiais para que sejam memorizados e é por isso que eles ficam esquecidos como se não tivessem existido

Escrever é conversar comigo mesmo sem ter contestação e interrupção 

Não gosto que meus pensamentos me levem para outros lugares em que meu corpo não esteja também

Às vezes parece que as nossas vidas sejam enredos de filmes para não serem exibidos para aqueles sem maturidade para nos compreender

A vida parece ser de capítulos de uma novela da qual sabemos que o fim dela é igual para todos, morrer

Pandemias, epidemias, doenças, acidentes, enchentes, terremotos, guerras e etc. que causam muitas mortes antecipadas se afiguram como impossibilidade da natureza em detê-las, mas, só dela? 

Quem divulga pensamentos provoca pensamentos em outros que os lêem

Parece que o mundo para quando alguém se dedica a escrever e isso afasta qualquer perturbação se ela existir

Com tantas tragédias acontecendo e muita gente morrendo antes da hora parece mesmo que o mundo e a humanidade existem sem proteção   

Altino Olímpio



Leia outras matérias desta seção
 » É verdade que quem morre descansa?
 » O sistema sempre cai
 » Pensar nos pensamentos
 » Ele está voltando
 » Qual é o sentido da vida se é que existe algum?
 » A alma humana em destaque
 » Melhor não seria nós só crermos...
 » Mundo desprotegido
 » Nesta época quantos iluminados existem no mundo?
 » Opiniões ou conclusões impopulares
 » Turismo na UPA de Perus
 » A solução
 » No mundo existem crédulos e incrédulos
 » Joana d’Arc (1412 – 1431)
 » Foram tempos de fascinação
 » Não vou, é muito longe
 » Somos acúmulos do que mentalmente recepcionamos
 » Quando a vida é bela ou cor de rosa?
 » Reflexões 
 » Só sei o pouco que sei e mais nada

Voltar