19/06/2017
A bisavó

Bisavó?!

Ainda menina, geralmente nós mulheres, já sonhamos com o príncipe encantado, com o nosso vestido de noiva, com Lua de Mel (Eu achava que viajaria para uma lua cheia de mel), e consequentemente com os nossos filhos, que serão perfeitos, lindos, inteligentes, etc etc.

Comigo, não foi diferente.

Sonhei com tudo isso, e mesmo com o desencanto do meu primeiro príncipe, que não foi tão encantado, eu realizei o sonho de ser mãe, o que com absoluta certeza me deixou em suprema e extasiante felicidade, quando cada um deles chegou!

Aqui vale uma observação, sou mãe de três filhos diferentes: ruiva, morena, louro e de um neto que criei, que é japonês.

Ou seja, a mescla foi variada, o que sempre causou brincadeiras e piadas por parte dos amigos, já que um filho era de cada cor.

Eles cresceram, eu envelheci. (Por fora, porque por dentro eu sou mais nova que eles).

Também realizaram seus sonhos... tiveram filhos, e conseguiram deixar-me ainda mais plena e realizada, afinal eu sou avó de 6 netos, os quais ajudei de alguma forma a criar ou orientar.

Tenha netos de todas as idades...

O mais velho, eu criei até os 18 anos, quanto de repente ele resolveu voar...e seu vôo o levou para bem distante, num outro país.

Apesar de ter ainda mais 5 netos, senti muito sua ausência, que deixou um enorme vazio dentro de casa e do meu coração!

Mas a vida não para de surpreender.

Eis que recentemente, ele apareceu com uma grande novidade:

Eu seria" bisavó"!

Ao saber da novidade, fiquei entre chocada e esfuziante.

De repente, eu estaria de novo tecendo os mimos para mais um bebê, trabalho que gosto muito de fazer.

Mas as surpresas não pararam por aí.

Eu, a bisavó, fui convidada pelo meu filho neto, para vir até onde ele estava, para que pudesse ajudar e ensinar os jovens pais a cuidar de sua filhinha.

Sim, seria uma menina...

Podem imaginar minha emoção?

Um jovem casal, chama a bisavó para ajuda-los.

Até então, eu tinha concluído que seria mera espectadora nessa história, mas no entanto, estou aqui no país onde nasceu Victória Isabella, a mais nova flor de minha vida!

Ela esperou até eu chegar aqui para nascer!

Consegui superar meu receio de viajar sozinha para outro país.

Já nasceu me ajudando!

Confesso que quando a vi pela primeira vez, fiquei muda.

Não conseguia traduzir o meu sentimento.

Só pude agradecer a Deus pela dádiva de estar viva e poder estar junto com eles nesse momento.

Linda, uma mistura de japonesinha e mexicana. Aqui fala a bisa "coruja"!

Posso dizer ainda que a cada vez que os pais me chamam para ajudar ou para um conselho, sinto que a minha vida valeu a pena.

Porque somos o que conseguimos fazer e ensinar nossos filhos, netos e bisnetos!

Aqui, está uma mulher plena, completa e com a sensação de "Missão Cumprida"!

Obrigada meu Deus por presentear me com Victória Isabella, minha bisneta.

"Quem sabe ainda viro " tataravó"?


 



Leia outras matérias desta seção
 » As inseparáveis
 » Idas e vindas
 » As balas
 » O tubinho branco
 » Metamorfose
 » Anjo Negro
 » Agulhada
 » O telefone
 » A bisavó
 » Um anjo em minha vida
 » Para Ela...
 » O cara de pau
 » O mistério da foto
 » Quando a inocência quebra as regras.
 » Uma das minhas Heroínas
 » O convite
 » Mea culpa?
 » Meu filho
 » O trabalho
 » A prova

Voltar